País

'Está claro que são pessoas que decidiram mexer com a história do Brasil': Ricardo comenta sobre a "Vaza Jato" e é destaque na imprensa internacional

'Está claro que são pessoas que decidiram mexer com a história do Brasil': Ricardo comenta sobre a

O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) foi destaque na edição de sábado (15) do jornal português Expresso, ao comentar sobre o vazamento de mensagens atribuídas ao então juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, e procurador da República, Deltan Dallagnol, no tocante a ações da Operação Lava Jato e prender o ex-presidente Lula (PT).

A publicação portuguesa questiona o socialista sobre a quem interessa a verdade no caso de Moro, Ricardo responde: “Á democracia”.

O veículo ressalta que Ricardo articula uma frente de esquerda suprapartidária com os candidatos à presidência Fernando Haddad (PT) e Guilherme Boullos (PSOL).

“Coutinho vê uma crise muito grave decorrente do ódio à pol´tica que se estabeleceu e cresce no Brasil. Parte dele pode ser explicado pelas gravações que vieram à tona e confirmam ‘uma conspiração comandada por Moro e procuradores que resolveram agir na política’””, versa trecho da reportagem .

“Está claro que são pessoas que decidiram mexer com a história do Brasil, atuar nas eleições e garantir a ascensão de alguém de extrema-direita, por acreditarem que os fins justificam os meios”, afirmou Ricardo. O que para publicação “resume a visão da esquerda” sobre o caso.

Fonte: paraibaja

Créditos: -