Mundo

Primeiro time vegano do mundo agora será dirigido por uma mulher

Por Rafaela Damasceno

A equipe de futebol inglês Forest Green Rovers (FGR) contratou uma mulher para o cargo de diretora do grupo juvenil. O cargo nunca havia sido oferecido a uma mulher em um time masculino na Inglaterra antes.

A nova diretora do time, Hannah Dingley

Foto: Vegnews

A FGR tem um histórico de pioneirismo: é a primeira equipe de futebol vegano do mundo. Hannah Dingley, a nova diretora, será responsável pelo desenvolvimento de jovens jogadores de futebol que integrarão o FGR e outras equipes no futuro.

“Estou muito animada para começar”, afirmou ela. Hannah planeja incluir os valores e ideais do time nos jovens que treinará.

Em 2015, a FGR removeu todos os produtos de origem animal de seus estádios, tornando-se o primeiro time do mundo a jogar em um estádio inteiramente vegano.

O proprietário do time, Dale Vince, também é diretor de uma empresa de eletricidade vegana, a Ecotricity. Além de promover o veganismo, ele também agrega os princípios de sustentabilidade ao espírito da equipe. Abandonou os uniformes feitos com produtos plásticos e adquiriu camisas de bambu. Os calções possuem o logotipo dos patrocinadores veganos da equipe.

Hannah diz que a imprensa atualmente fala muito sobre o veganismo, mas que o estilo de vida é muito mais profundo do que o divulgado. “É sobre ter princípios, ética, e tratar os outros de maneira correta”, define.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.