Mundo

Presidente da Nigéria promete tirar 100 milhões de pessoas da pobreza

Presidente da Nigéria promete tirar 100 milhões de pessoas da pobreza

Em discurso otimista, Muhammadu Buhari garantiu que vai melhorar segurança do país e continuar luta contra grupo terrorista Boko Haram

Da EFE

O presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, prometeu nesta quarta-feira (12) que tirará e melhorará a segurança do país, que sofre com o , entre outras ameaças.

"Com liderança e motivação, podemos livrar da pobreza 100 milhões de nigerianos em dez anos", afirmou Buhari durante um discurso em Abuja para comemorar a restauração da democracia em 1999 no país mais populoso da África, com quase 200 milhões de habitantes.

"China e Indonésia tiveram êxito sob regimes autoritários. A Índia teve êxito em um marco democrático. Podemos conseguir", garantiu o chefe de Estado, em referência a países também muito populosos que combateram a pobreza, diante de um auditório no qual se destacavam 11 presidentes de nações africanas como Ruanda e Gana.

"O nosso país, a Nigéria, é um grande país. Segundo estimativas das Nações Unidas, a nossa população subirá a 411 milhões em 2050, o que nos transformará no terceiro país mais populoso da Terra, atrás apenas de China e Índia", ressaltou.

Buhari, que foi reeleito nos pleitos de 23 de fevereiro, chegou ao poder em 2015 com a promessa de acabar com o terrorismo do Boko Haram e hoje assegurou que continuará a luta contra os jihadistas.

O presidente, de 76 anos, lembrou que em 2015 o grupo terrorista, que luta para impor um Estado islâmico na Nigéria, "podia ficar à vontade para atacar qualquer cidade, inclusive a capital federal", Abuja, ao contrário de hoje em dia.

No entanto, admitiu que persistem "alguns desafios" em zonas rurais, onde os jihadistas cometem ataques e sequestros.

Outra das promessas de Buhari em 2015 foi a recuperação da economia do país, que saiu da recessão em 2017 e crescerá 2,7% este ano, segundo o governante, embora esse número esteja abaixo da previsão de 3% do Banco Central da Nigéria.