Mundo

Por turismo, Espanha fará controle de temperatura de viajantes

Por turismo, Espanha fará controle de temperatura de viajantes

O governo da Espanha manterá medidas de controle como a medição da temperatura, o preenchimento de questionários e o monitoramento de pessoas que entram no país por portos e aeroportos, mas acabará com a obrigatoriedade de manter os cidadãos em quarentena contra o coronavírus a partir de julho.

O ministro de Transportes, Mobilidade e Agenda Urbana, José Luis Ábalos, e a ministra da Indústria, Reyes Maroto, participaram nesta quarta-feira (27) de uma videoconferência com empresários do setor. A reunião também contou com o secretário-geral da Organização Mundial do Turismo (OMT), Zurab Pololikashvili, informou o Ministério dos Transportes.

Os representantes dos ministérios disseram que abrir a Espanha ao turismo a partir de 1º de julho, conforme anunciou o presidente do governo, Pedro Sánchez, no último sábado, faz parte de um projeto de segurança sanitária.

Os ministros explicaram que, durante as semanas que faltam até a data, o governo dará os passos necessários para suspender as restrições de mobilidade e ocupação nos meios de transporte, trabalhando com vários cenários.

Alternativas para o turismo

Uma das alternativas é abrir as fronteiras europeias e eliminar a obrigatoriedade de ficar em quarentena para quem chega à Espanha. No entanto, haverá medidas de controle. Também está sendo cogitado abrir mais pontos de entrada designdos tanto em aeroportos como em portos espanhóis.

O governo estuda colocar em prática um projeto piloto de rotas seguras antes de suspender as restrições nas fronteiras para cidadãos do espaço Schengen, mantendo medidas de controle sanitário que evitem riscos de novos surtos do novo coronavírus.

Também será analisada a implantação de rotas seguras para outros países, desde que tenham o mesmo nível de segurança sanitária e acordos de reciprocidade.

As medidas de abertura serão coordenadas com os Estados-membros da União Europeia em protocolos de segurança padronizados tanto no âmbito sanitário como turístico.

Oito a cada dez pessoas que visitam o país chegam através de aeroportos. A Espanha recebe no total, não só por aeroportos, 83 milhões de turistas por ano. O turismo representa 12,3% do produto interno bruto (PIB) espanhol e gera mais de 2,6 milhões de empregos