Mundo

'Não é suficiente', diz Joe Biden sobre Trump passar a usar máscara

'Não é suficiente', diz Joe Biden sobre Trump passar a usar máscara

O ex-vice-presidente dos Estados Unidos Joe Biden, virtual candidato do Partido Democrata às eleições de novembro, afirmou nesta terça-feira que a crise gerada pela pandemia de covid-19 é "tão grave que até o presidente Donald Trump decidiu usar máscara em público" e pediu para que o mandatário ouça os especialistas.

"A situação é tão grave que até Donald Trump decidiu finalmente usar uma máscara em público. Estou contente por ele ter mudado. Mas, senhor presidente, não é suficiente", disse Biden em ato eleitoral no estado de Delaware, onde explicou suas prioridades de energia limpa, incluindo um compromisso de produção de energia 100% livre de carbono até 2035.

O mandatário, que desde o início da pandemia tem se mostrado cético quanto à gravidade da pandemia, neste fim de semana usou pela primeira vez uma máscara em público ao visitar um hospital onde soldados americanos feridos se recuperam.

"Senhor Trump, por favor, ouça os seus especialistas em saúde pública em vez de denegri-los", disse Biden, ao se referir às críticas da Casa Branca do contra Anthony Fauci, o principal epidemiologista do governo, que disse que alguns estados podem ter se precipitado ao flexibilizar as medides de controle.

O democrata pediu para que o presidente deixe de apresentar a situação como "um falso dilema entre a proteção da saúde e a proteção da economia", uma vez que o que faz é "colocar em perigo a recuperação em ambas as frentes".