Mundo

México detém 791 imigrantes sem documentos em quatro caminhões

México detém 791 imigrantes sem documentos em quatro caminhões

Apreensão ocorreu no momento em que o governo mexicano intensifica os esforços para reduzir onda de imigrantes em fronteiras sob pressões dos EUA

México detém quase 800 imigrantes sem documentos em quatro caminhões

  • Reuters
    • por

      Autoridades mexicanas detiveram cerca de 800 no leste do México em quatro caminhões no sábado (15), informou o governo, em uma das maiores investidas contra a imigração ilegal nos últimos meses.

      O Instituto Nacional de Migração do México (INM) disse em um comunicado que 791 estrangeiros foram encontrados em caminhões parados no Estado de Veracruz, no leste do país, confirmando relatos anteriores sobre uma detenção em massa.

      A apreensão ocorreu no momento em que o México intensifica os esforços para reduzir a onda de imigrantes em fronteiras sob pressões do , que prometeu prejudicar os produtos mexicanos com tarifas caso o México não impeça a imigração ilegal.

      O para evitar as tarifas, marcando o tempo de 45 dias para que o governo mexicano faça progressos palpáveis na redução do número de pessoas que tentam atravessar a fronteira ilegalmente.

      Houve um neste ano, irritando Trump, que fez da redução da imigração ilegal uma de suas promessas políticas.

      A maioria dos que são apanhados tentando entrar nos Estados Unidos são pessoas que fogem da pobreza e da violência em três países da América Central Guatemala, Honduras e El Salvador.

      A decisão do México de apertar sua fronteira e responder e, na sexta-feira, o chefe do INM, Tonatiuh Guillen, renunciou.

      Ele foi substituído por Francisco Garduno, que já havia servido como chefe do sistema prisional do México.

      Copyright © Thomson Reuters.