Mundo

Isabela Vilante se despede da Tambaú após oito anos, mas adianta: 'Só deixo o rádio quando não existir mais rádio no mundo'

Isabela Vilante se despede da Tambaú após oito anos, mas adianta: 'Só deixo o rádio quando não existir mais rádio no mundo'

Após oito anos sendo uma das principais vozes femininas dentro do Sistema Tambaú, Isabela Vilante se despede.

A paraibana, natural de Cajazeiras, começou no rádio após um teste, desde então foram 25 anos de carreira nas ondas do rádio. Ela relata a experiência na Tambaú: “Foram cinco anos na Nova Tambaú FM e após isso passei no teste para Jovem Pan, ficando mais 3 anos. Estou orgulhosa do meu trabalho e dos amigos que fiz!”. Isabela se disse um pouco surpresa com o anúncio do seu desligamento, mas entendeu que era uma mudança na “plástica” do programa ao optarem por uma voz masculina. No lugar de Isabela, entrou Fábio César, ex-Pop FM.

Sobre a saída da rádio, a locutora avisa que tem na profissão um verdadeiro vício: “Eu amo o que faço, dentro do meu coração tem um estúdio de rádio. Só fico fora da rádio quando não existir rádio no mundo”.

Isabela aproveitou o momento para descansar, mas revela estar “sempre pronta”: “Além de rádio eu faço gravação de comercial, de vinhetas, sempre fiz tudo em relação a locução, sempre fiz”.