Mundo

Homem mais forte do mundo está pensando em adotar uma alimentação à base de vegetais

Foto: Hafşór Júlíus Björnsson

O atleta e ator islandês Hafşór Júlíus Björnsson anunciou que está “disposto” a experimentar uma dieta baseada em vegetais.

Björnsson, que foi coroado o homem mais forte do mundo em 2018 e nomeado quatro vezes o homem mais forte da Europa, foi convidado pelo Instagram a abandonar produtos de origem animal pelo fisiculturista americano Kai Greene – que está testando uma dieta baseada em vegetais depois de assistir ao documentário vegano “The Game Changers”, que aborda o desempenho de atletas veganos e derruba mitos sobre o veganismo.

Gorilas como exemplo

“Você tem que experimentar uma alimentação baseada em vegetais, @Thorbjornsson. Olhe para os gorilas, eles só comem plantas!”, Greene escreveu.

“Piadas à parte, uma dieta vegana é mais eficaz para um homem forte do que para um fisiculturista – então você alcançará benefícios melhores do que eu”.

“Um tópico interessante”

Björnsson, que aparece na série de sucesso “Game Of Thrones”, respondeu: “Definitivamente um tópico interessante! Eu poderia tentar adotar o veganismo por uma semana quando não estiver gravando”.

“Estou sempre disposto a dar uma chance a tudo! Especialmente quando se trata de algo que envolve lendas como Arnold Schwarzenegger e Kai Greene”.

O post no Instagram chamou a atenção de um participante do programa “The Diesel Brothers” (reality show americano sobre dois irmãos que compram caminhões destinados a virar sucata e os transformam), o também fisiculturista, Keaton Hoskins, conhecido como “The Muscle” (O Músculo), que também comentou a publicação dizendo: “Eu realmente posso tentar fazer isso”.