Mundo

Emissora de TV ucraniana é alvo de ataque, mas sem vítimas

Emissora de TV ucraniana é alvo de ataque, mas sem vítimas

O ataque ocorreu depois que a direção da emissora pediu aos órgãos de segurança para proteger seus funcionários contra as ameaças de forças radicais

Da EFE

O edifício onde funciona a emissora de televisão "112 Ucrânia", , foi atacado neste sábado (13) com um lança-granadas, de acordo com informações de fontes oficiais.

Segundo um comunicado da polícia local, o incidente ocorreu durante a madrugada, mas sem causar vítimas. O autor do ataque ainda não foi identificado.

"O incidente foi descrito como um ato terrorista e uma operação especial da polícia está em andamento para capturar o responsável", diz a nota publicada no Facebook, afirmando que a fachada do prédio da emissora ucraniana ficou danificada.

O ataque ocorreu depois que a direção da emissora pediu aos órgãos de segurança para proteger seus funcionários contra as ameaças de forças radicais que "tentam influenciar a política editorial da canal".

Segundo alguns meios de comunicação, o fato estaria vinculado ao recente anúncio da "112 Ucrânia" sobre a projeção inicial do polêmico documentário "Revealing Ukraine" que inclui uma entrevista do presidente da Rússia, Vladimir Putin, realizada pelo diretor americano Oliver Stone.

Hoje, ativistas ucranianos planejaram realizar um evento em frente à sede do canal para protestar contra a transmissão do documentário.