Mundo

Crise na Venezuela: assessor de Guaidó foi preso, diz parlamentar

Crise na Venezuela: assessor de Guaidó foi preso, diz parlamentar

Sergio Vergara, parlamentar de oposição ao governo Maduro, afirmou que Roberto Marrero foi sequestrado pela agência de inteligência venezuelana

Parlamentares venezuelanos afirmam que assessor de Guaidó foi preso

  • Reuters
    • por

      Agentes da inteligência venezuelana detiveram Roberto Marrero, chefe de gabinete do , disseram parlamentares nesta quinta-feira (21), em indicação de uma possível .

      Em janeiro, Guaidó invocou a Constituição para declarar-se presidente interino após alegar que a reeleição de Maduro em 2018 foi uma fraude. Ele já foi s como líder legítimo do país.

      "Hoje, Roberto Marrero foi sequestrado pelo Sebin", disse o parlamentar da oposição Sergio Vergara, referindo-se à agência de inteligência da Venezuela. Vergara, cuja residência foi invadida na quinta-feira, fez a declaração em transmissão via Instagram.

      "Está claro que a ditadura continua a sequestrar os cidadãos", disse o também parlamentar de oposição Franklyn Duarte, em um vídeo distribuído pela equipe de imprensa de Guaidó. Agentes também invadiram sua residência.

      O Ministério da Informação da Venezuela não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

      Copyright Thomson Reuters 2018