Mundo

Com sistema de saúde em colapso e ruas vazias, Madri é a cidade mais afetada pelo coronavírus na Espanha

Com sistema de saúde em colapso e ruas vazias, Madri é a cidade mais afetada pelo coronavírus na Espanha

Assim como na Itália, a Espanha vem a Espanha vem sofrendo com o coronavírus e um alto número de mortos, no último sábado(28) 832 mortes por coronavírus foram confirmadas, configurando o dia com o maior número de mortes por covid-19 no país desde o início da pandemia. A capital espanhola Madri, concentra 40% dos casos de coronavírus no país.

Após duas semanas do confinamento absoluto decretado pelo governo espanhol, a cidade que é uma das maiores metrópoles do mundo está marcada por ruas vazias e a forte presença dos militares. O exército circula pelas ruas de Madri com alto falantes exigindo que as pessoas fiquem em suas casas. A situação de Madri é a mais crítica da Espanha por conta do sistema de saúde que não consegue absorver o grande número de casos de covid-19 confirmados.

O médico Javier Padilla comentou todos os fatores que levaram a situação da saúde na Espanha chegar a situação que desencadeou nesta crise, “Na Espanha, entre 2008 e 2012, tivemos um corte de 20% nos gastos com saúde. A região de Madri foi a que mais privatizou, o que causou uma perda da capacidade de controle do serviço de saúde.”