Mundo

Após pedido de casamento em fast-food ser discriminado por 'pobreza', casal recebe ajuda de mais de 120 empresas

Após pedido de casamento em fast-food ser discriminado por 'pobreza', casal recebe ajuda de mais de 120 empresas

O vídeo emocionante de um homem pedindo sua mulher em casamento em uma franquia da rede de restaurantes de fast-food KFC tem comovido internautas de todo o mundo.

Infelizmente, as imagens foram gravadas e publicadas nas redes sociais em tom de deboche. Essa pessoa só não esperava que o jogo iria virar e que agora diversas marcas estão correndo atrás do simpático casal que não estava nem um pouco preocupado com o luxo do lugar onde iriam eternizar o relacionamento.

O pedido de casamento foi feito na África do Sul, durante um almoço. O homem sorri, se ajoelha e pede a mulher em casamento. Ela vai às lágrimas e não tarda em dizer ‘Sim!’.

Em seguida, o restaurante inteiro para e aplaude a cena. Muito lindo!

Ao cair nas redes sociais, o próprio KFC republicou o vídeo e pediu ajuda para identificar o casal. Eventualmente, o nome deles foi descoberto: os sul-africanos Eric Kansi e Nonhlanhla Soldaat.

O primeiro post sobre Eric e Nonhlanhla que viralizou saiu das mãos de um jornalista que escreveu, debochadamente: “os homens sul-africanos estão tão pobres ultimamente que o lugar mais chique em que eles conseguem fazer um pedido de casamento é num KFC”.

De início, algumas pessoas compraram o discurso do jornalista, mas aos poucos, uma imensa maioria repudiou sua declaração e exaltou a atitude do rapaz e o pedido de casamento. A história viralizou até aqui no Brasil.

Pedido de Casamento no KFC

A história repercutiu mundialmente após os internautas levantarem a hashtag ‘KFCProposal’ ou ‘Pedido de Casamento no KFC’.

Um total de 120 marcas sul-africanas se ofereceram para viabilizar a cerimônia do casal, desde empresas multinacionais a pequenos empreendimentos.

Empresas como Audi, Land Rover, Coca-Cola, Volkswagen e Sony ofereceram benefícios em uma das maiores campanhas da história da internet da África do Sul.