Mundo

Afeganistão: ataque suicida em casamento foi realizado por criança

Afeganistão: ataque suicida em casamento foi realizado por criança

Daesh assumiu atoria do ataque que aconteceu em meio a uma festa de casamento. O alvo era o líder de uma milícia pró-governo

Beatriz Sanz, do R7

O na manhã desta sexta-feira em um casamento no leste do Afeganistão foi causado por uma criança, de acordo com autoridades locais.

Pelo menos 10 pessoas morreram e outras 20 ficaram feridas.

O Daesh assumiu a autoria do ataque que foi realizado por uma criança. A identidade e a idade da criança não foram reveladas.

Malik Noor, um comandante da milícia pró-governo que estaria na festa, era o alvo principal do ataque. Noor e seus dois filhos morreram no atentado.

O grupo terrorista está crescendo na região de Pachiragam e o governo já responsabilizou o Daesh por vários ataques letais — incluindo um ataque suicida em uma escola em Cabul que deixou dezenas de mortos no ano passado.

Este ataque acontece em um momento sensível para o país. O Talibã e representantes do governo afegão realizaram uma conferência de paz no início da semana onde concordaram em reduzir o número de mortes de civis.

O Talibã também negocia com os Estados Unidos o fim da guerra que já dura 18 anos. Os EUA querem a garantia de que o país não será usado como base para o terrorismo, enquanto o Talibã pede a saída definitiva das tropas norte-americanas.