Geral

Varal de calcinhas | Hospital recomenda uso de peças íntimas claras e funcionárias protestam em BH

Varal de calcinhas | Hospital recomenda uso de peças íntimas claras e funcionárias protestam em BH

Funcionárias do Hospital Felício Rocho, em Belo Horizonte, montaram ontem uma manifestação contra uma recomendação da gerência. Segundo elas, um texto que circulou entre os funcionários ditava o uso preferencial de roupas íntimas lisas e de "tons claros".

O protesto contou com um "varal de calcinhas" que ficou estendido na frente do hospital, na região centro-sul da capital mineira. A manifestação também foi contra o corte do adicional salarial noturno a partir de fevereiro, segundo o sindicato da categoria.

Em nota ao UOL, a diretoria do Felício Rocho alegou que "segue e respeita integralmente o previsto na CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas), Constituição Federal e na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT)" firmada entre os sindicatos dos empregados e dos hospitais.

O comunicado ressaltou que o texto que circulou entre os funcionários era "de caráter genérico e não obrigatório", caracterizando o trecho sobre roupas íntimas como uma "sugestão".