Geral

Reino Unido | Londres abre hospital de campanha com 4.000 leitos

Reino Unido | Londres abre hospital de campanha com 4.000 leitos

Um imenso hospital de campanha com capacidade para 4.000 leitos foi aberto hoje em um centro de conferências em Londres, o primeiro de uma série de estabelecimentos construídos em uma corrida contra o tempo no Reino Unido para enfrentar o novo coronavírus.

Inaugurado por videoconferência pelo príncipe Charles e pelo secretário da Saúde, Matt Hancock, o hospital de Nightingale conta hoje com 500 leitos, podendo chegar a 4.000. Este número equivale a dez hospitais convencionais.

Foi construído em menos de dez dias com a colaboração do Exército.

O filho da rainha Elizabeth 2ª, que ficou em quarentena esta semana após ter sido infectado pelo vírus, chamou o hospital de campanha de "luz radiante em tempos sombrios".

"Sem nenhuma dúvida é uma proeza em todos os sentidos, desde a rapidez de sua construção, em apenas nove dias, até o talento de quem o criou", disse o herdeiro do trono.

Este hospital, onde trabalharão cerca de 16 mil pessoas, não possui equivalente no país e tentará conter a pandemia que contaminou oficialmente 33.718 pessoas e deixou 2.921 mortos no Reino Unido.