Geral

O que se sabe | Placa Mercosul: seis motivos para causar tanta polêmica

O que se sabe | Placa Mercosul: seis motivos para causar tanta polêmica

Mesmo já estando presente em mais de 1 milhão de veículos no país, desde setembro do ano passado, e usada em sete estados, a Placa Mercosul segue gerando polêmica. Ministério da Infraestrutura e Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) afirmam estar estudando a ampliação de segurança do novo modelo, antes de terminar a transição para todo o país.

Porém, ao mesmo tempo, o presidente Jair Bolsonaro segue discurso contra o modelo nas redes.sociais, pregando sua "anulação", uma de suas plataformas de campanha. E, com isso, divergindo de todos os especialistas de trânsito.

Consultado pela reportagem, o Ministério informa que orientou todos os Estados que ainda não adotaram a placa que não o façam até que os referidos estudos sejam concluídos -- não se fala, porém, se a data estipulada pelo governo de Michel Temer, para 30 de junho, estaria mantida.

Dentre os itens em análise, diz a pasta da Infraestrutura, estão os critérios para credenciamento de fornecesores; avaliação do QR Code; estudo de implementação somente em veículos novos, e custos da cadeia produtiva até o consumidor.

A placa seria mesmo um "constrangimento" à população? UOL Carros lista as principais polêmicas e o que se sabe, de fato, sobre as características da nova placa.