Geral

O que fazer? | 'Tenho certeza de que minha namorada está saindo com o chefe'

O que fazer? | 'Tenho certeza de que minha namorada está saindo com o chefe'

Ela e o chefe dela?

"Gostaria de sua opinião acerca de minha desconfiança em relação a minha namorada. Devo dizer, ou melhor, assumir que sou muito ciumento. Tenho consciência disso. Dito isto, veremos a seguir se tenho motivos ou não de estar encafifado. Minha namorada tem um chefe muito bom, que elogia seu trabalho e tal. Ela é só flores quando fala dele. Diz que é um excelente chefe, uma pessoa muito boa etc. Até aí, tudo bem. Minha namorada tem o costume de, na hora de seu almoço, ir a um mercado próximo comprar umas coisinhas para o seu lanche da tarde. Só que seu chefe, sempre que possível, a acompanha e vão os dois ao mercado no carro de minha namorada. Até aí, tudo bem também. Mas, noutra oportunidade, seu chefe a questionou se ela tinha indicação de um médico. Prontamente, ela disse que sim e indicou seu médico de confiança. Minha namorada, aliás, já tinha uma consulta marcada com ele e o chefe deu um jeito e conseguiu que marcassem sua consulta no mesmo dia. E lá vão os dois, novamente, passear de carro juntos. Desta vez ao médico, como se fossem um casal. Além disso, sei que ele volta de carona com ela com certa frequência. Agora falemos das redes sociais. Ela usa o Face normalmente como qualquer pessoa. Posta coisas, curte e comenta postagens de amigos, incluindo colegas de trabalho, EXCETO do chefe! Sequer no aniversário dele, quando todos seus colegas de trabalho o felicitaram na rede social, ela se pronunciou. Conheço os gostos de minha mulher. Sei que tipo de postagens e mensagens, ela aprecia. E seu chefe já postou coisas que sei que são do agrado dela. Entende? Já a vi curtir coisas de cunho semelhante quando postadas por outras pessoas… Em poucas palavras, nunca a vi interagir com seu chefe, a despeito de sua amizade e consideração que ela sempre demonstrou por ele. E a recíproca é verdadeira, ele também não interage nas postagens dela. Essa atitude de ambos me deixa muito cismado! Tenho para mim que eles só conversam no privado. E se, de fato, eles interagem no privado mesmo, qual o motivo para isso senão o deles terem um caso? Em tempo, não vivemos juntos. Eu trabalho em outra cidade, o que faz com que eu só consiga vê-la nos fins de semana. Acredito que quando há interesse, a pessoa encontra uma forma de trair mesmo sob marcação cerrada. No meu caso então que, na maior parte do tempo, me encontro ausente, distante, em outra cidade…" (Ass.: Bentinho Santiago)

Caro Bentinho,
Acho que chegou o momento de você reler Dom Casmurro, de Machado de Assis. Ou melhor: ler essas interpretações do livro, que defendem que esse não é um livro sobre a traição de Capitu, mas sim, uma história sobre o ciúme paranóico do Bentinho. Você me lembrou o Bentinho. Fiquei um pouco assustada com a descrição minuciosa que você fez dos hábitos da sua namorada nas redes sociais: o que ela curte, com quem ela interage, que tipo de posts ela gosta – e a conclusão de que eles só podem estar conversando no privado. Isso não é razoável. Até onde eu entendi, foi a sua própria namorada que te contou tudo o que você sabe sobre o chefe dela, não? Não seria muito inteligente da parte dela te contar todos os detalhes, se ela estivesse tendo um caso com ele, você não acha? A verdade é que não faço a mínima ideia se a sua namorada está te traindo. E que também jamais daria para saber ouvindo os relatos de uma pessoa tão ciumenta quanto você. Sugiro um conselho tão clássico quanto o livro de Machado de Assis: converse com a sua namorada. Espero que ela não se assuste muito quando você começar a descrever as suas "suspeitas".

Veja também

Nado na piscina ou no Rio?

"Sou casada há 9 anos, e sei que amo meu marido. Nossa relação é segura, nosso sexo ainda é ótimo, somos companheiros, amigos e felizes juntos. Sei que posso viver com ele a vida toda, mas há algumas semanas comecei a sentir coisas por outra pessoa. Não aconteceu nada entre nós além de conversas e de desejos. A outra pessoa já disse que só vai se envolver de cabeça caso se separe, mas estou naquele estágio perigoso, sabe? Recebo mensagens e fico sorrindo, pensando no outro. Eu defino assim: meu marido é uma piscina, eu sei onde estou pisando; o outro é um rio desconhecido e ainda assim quero nadar nele. Às vezes quero pedir um tempo pra ir viver isso, mas morro de medo. Algum conselho?" (Ass.: A confusa)

Cara confusa,
É natural que, depois de 9 anos, um relacionamento caia na rotina e perca a adrenalina. E, apesar disso, me parece que o seu casamento é muito bem-sucedido, na verdade. Você é livre para fazer o que quiser, mas é preciso ser realista: não dá para se envolver com essa nova pessoa sem colocar o seu casamento bem-sucedido em risco. Por isso, pense na possibilidade de abrir o relacionamento ou ter uma conversa honesta com o seu marido sobre esse seu novo desejo. Se não for possível, lembre-se também que a teoria é muito mais excitante que a prática. Por enquanto, você só conhece as vantagens desse novo rapaz: o flerte, o desejo reprimido, o joguinho. Se houvesse algum grande problema estrutural no seu casamento, pode ser que valesse a pena entrar nesse rio caudaloso. No seu caso, porém, me parece que você tem muito a perder.