Geral

Luciano Cartaxo lança Plano de Proteção Social e inicia distribuição de 4 mil cestas nutricionais para o comércio informal

Luciano Cartaxo lança Plano de Proteção Social e inicia distribuição de 4 mil cestas nutricionais para o comércio informal

Luciano Cartaxo lança ação #SomosMaisFortes e inicia distribuição de 4 mil cestas nutricionais para o comércio informal e famílias do cadastro social

Primeira etapa do Plano de Proteção Social também prevê pagamento de auxílio-aluguel para famílias em situação de rua, beneficiando cerca de 200 pessoas

O prefeito de João Pessoa anunciou, nesta terça-feira (31), a primeira etapa da ação #SomosMaisFortes, que prevê medidas de proteção social para a população em situação de vulnerabilidade em decorrência do novo Coronavírus. O principal eixo da mobilização é a garantia de segurança alimentar e nutricional para a parcela da população em situação maior risco social. A partir desta semana, será iniciada a distribuição de mais de 4 mil cestas básicas destinadas a trabalhadores do comércio informal, catadores da coleta seletiva, além de famílias cadastradas nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). A Prefeitura também irá beneficiar cerca de 200 pessoas em situação de rua com o auxílio-aluguel.

Com a ação, serão atendidas 4 mil famílias que já integram o cadastro da Prefeitura Municipal de João Pessoa, beneficiando cerca de 16 mil pessoas. O prefeito explicou que a campanha #SomosMaisFortes mostra que o gesto humanitário e solidário será mais forte do que a propagação do novo Coronavírus. “Estamos mostrando que é possível unir esforços neste grande trabalho conjunto para salvar vidas. Esta é a primeira etapa do plano de proteção social da Prefeitura, que já teve início com a distribuição de alimentos nas creches e escolas integrais, beneficiando mais de 23 mil estudantes, junto com as marmitas servidas nos Restaurantes Populares e nas Cozinhas Comunitárias”, explicou. A administração municipal também vem contribuindo com abrigos de idosos de longa permanência por meio de todo material recebido pela Central de Doações, além do lançamento de um edital no valor de R$ 600 mil para adoção de medidas preventivas à Covid-19.

A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) informou que as cestas nutricionais serão distribuídas entre CRAS (2.800 unidades), trabalhadores do comércio informal (500) e catadores (100). Outras 600 terão a entrega realizada para famílias de baixa renda da capital paraibana. O contato com os beneficiados para distribuição será feito pela Sedes, Sedurb e Emlur. “Pedimos à população que siga doando sempre que for possível. Esta é uma luta que exige a participação de todos. E o nosso maior objetivo, neste momento, é salvar vidas”, disse o prefeito. O auxílio-aluguel será ofertado às famílias que vivem em situação de rua. Aproximadamente 200 pessoas serão beneficiadas. A Prefeitura de João Pessoa segue realizando o atendimento no Centro POP, Ruartes e no Consultório de Rua, com a oferta de máscaras, álcool em gel e espaços para higienização.

Central de Doações – A Prefeitura de João Pessoa segue recebendo donativos pela Central de Doações, que funciona no Clube da Pessoa Idosa. O espaço funciona das 8h às 18h, na Rua Ana Guedes Vasconcelos, n º 10, no bairro do Altiplano. Quem tiver interesse, pode fazer contribuir diretamente com o Fundo Municipal de Assistência Social (Banco do Brasil/ Agência:1618-8 / Conta: 12647-0/ CNPJ: 08.866.962/0001-30). As contribuições voluntárias não têm valor mínimo ou teto máximo e podem ser efetuadas tanto por pessoas físicas quanto jurídicas.