Geral

Hyundai | Novos Azera e SantaFe chegam este ano; Venue tem chance?

Hyundai | Novos Azera e SantaFe chegam este ano; Venue tem chance?

É certo que o Novo Hyundai HB20 será um dos concorrentes a "Destaque do Ano", assim que for lançado, entre outubro e novembro, pelas mãos da Hyundai Motor Brasil. Mas ficará a cargo da Caoa, empresa que introduziu a marca no país e hoje responsável pelos nossos importados, decidir se vai ou não trazer alguns dos carros mais importantes do portfólio sul-coreano.

Eles não estão na alçada da HMB, que faz apenas HB20 e Creta.

Vamos começar por quem vem de fato, e logo: novos Azera e SantaFe.

Eles estão certos

Aposta certa há muito tempo para o país, o sedã grande executivo Azera terá sua nova geração desembarcando (finalmente) em 90 dias, a partir de setembro.

Com visual remodelado, tem frente classuda com seus faróis de LED, grade ampla; perfil que lembra evolução do primeiro Azera brasileiro; um quê de Fusion, mas com arremate arrojado da lanternas totalmente de LED e unificadas -- peça que lembra demais carros da Dodge.

Com 4,93 m de comprimento, 2,85 m de entre-eixos e 445 litros no porta-malas, o modelo já estava prometido para o começo do ano. Ele chegou a perticipar do Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro último, mas caiu na fila forçada de homologações atrasadas pelo Conatran.

Em termos de conforto e segurança, traz piloto automático adaptativo, frenagem autônoma de emergência, câmeras para monitoramento 360 graus, detector de ponto cego, nove airbags (frontais, laterais, de cabeça e de joelhos), rodas de 19 polegadas, partida sem chave, teto solar panorâmico de duas folhas, ar-condicionado de duas zonas e sistema de entretenimento renovado.

A motorização deve ser o conhecido V6 a gasolina, 261 cv de potência, com câmbio automático de oito marchas e tração dianteira, apesar da Coreia do Sul se valer de opções com motores menores e mais eficientes, com turbo e injeção direta para quatro cilindros. Preço ainda será definido.

Logo depois, no final do ano ou comecinho de 2020 teremos o novo SantaFe, SUV médio que ficou ainda mais luxuoso e moderno.

Além de adotar novo estilo e utilitários da marca, trará motor V6 de 280 cv e também atualizado tecnicista transmissão automática de oito velocidades, mas com tração integral. Lista de equipamentos internos será reforçada em relação ao atual modelo de R$ 184.900.

Brendan McDermid/Reuters
Visual do Venue também segue estilo com conjunto óptico tripartido e grade avantajada Imagem: Brendan McDermid/Reuters

E o anti-T-Cross da Hyundai?

Situação totalmente diferente vive o Venue. Intermediário entre CUV e SUV, o compacto foi apresentado durante o Salão de Nova York, em maio, e causou sensação nas redes. Teria tudo para brigar bem com o T-Cross e com outros modelos do segmento... mas vem?

Arrojado na dianteira do com traseira que lembra outro Volkswagen, o Polo, o Hyundai Venue tem espaço a quatro adultos em 4 metros de comprimento e 2,50 m de entre-eixos.

Motor é o 1.0 turbo de injeção direta, da mesma família usado no Novo HB20, mas que só usa gasolina e gera 118 cv.

Apesar de parecer caber certinho na fábrica de Piracicaba, ao lado de HB20 e abaixo do Creta, pelo porte compacto, o atual cenário econômico faz com que o Venue fique fora da realidade dos planos da matriz. Os executivos reconhecem que ele seria bom para ser feito localmente. Mas o cenário atual não permite e a solução seria importar... passando pela Caoa.

Resta torcer, então, para a Caoa achar interessante (e lucrativo) trazê-lo. A gente acha que teria espaço em nossas ruas e você?

*Viagem a convite da Hyundai Motor Brasil