Geral

Grava DVD com Alok e outros | Padre Manzotti aponta novos pecados na era das redes: 'Instagram facilita a traição'

Grava DVD com Alok e outros | Padre Manzotti aponta novos pecados na era das redes: 'Instagram facilita a traição'

Considerado por muitos como o 'padre pop', o líder religioso Reginaldo Manzotti reforçou sua preocupação em se comunicar com os jovens na noite desta quarta-feira (16) ao gravar seu novo DVD, "Tempo de Inovar", em uma casa noturna de Curitiba. Ele levantou um público de mais de 5 mil pessoas com participações especiais de Alok, numa espécie de 'rave católica', e dos sertanejos Naiara Azevedo e Gustavo Miotto, com muito arrocha e 'sofrência'.

A Coluna do Leo Dias esteve presente no show e conversou com exclusividade com o padre. Além do novo projeto, questionamos o padre sobre os 'pecados da era digital', ou seja, o que pode ser considerado ou não pecado nas redes sociais. Manzotti também tem forte presença na web - com mais de 2 milhões de seguidores no Instagram - mas declara: "O Whatsapp, Instagram e Facebook facilitam muito a traição. Essas redes não podem ser usadas neste sentido."

Perguntado sobre os pecados que surgiram com as redes sociais, Manzotti esclarece que não há novidades, que são os mesmos, e que cada um deve fazer um exame de consciência para se atentar se não está sendo uma pessoa em casa e outra no Instagram, 'stalkeando' os outros.

"Não podemos criar uma persona do 'eu real' e outra do 'eu virtual'. Muitos fazem isso. Por exemplo, se você vê é casado e vê uma mulher bonita no trabalho, troca Whatsapp com ela, e começa a mandar mensagens 'arrastando asa', isso é pecado. Sinal de que a sua família não te satisfaz mais", aponta Manzotti.

Colecionar 'contatinhos' pode?

Ele também fala sobre quem gosta de 'colecionar contatinhos', ou seja, ter sempre alguém novo para relacionamento casual: "Se você é solteiro e quer ter a sua vida em aventura, tudo bem. Mas se você está chegando na maturidade, está na hora de levar alguém mais a sério, né? Então, se tiver, como dizem, muitos contatinhos, uma hora você pode perceber que vai ser tarde demais para construir algo seguro com alguém. E todos querem segurança."

Sair do grupo da família no Whatsapp?

Reginaldo Manzotti não é tão rigoroso, no entanto, quando o assunto é o famoso 'grupo de Whatsapp da família'. Ele brinca e avisa: "Se você tiver uma tia chata, pode sair do grupo sim, não é pecado não". Mas reforça: "O grupo do Whatsapp da família é uma ótima forma de aproximar todos por meio da tecnologia. É válido sim poder estar nessa proximidade com essa rede social."

O que está mesmo liberado, segundo o padre, são os grupos com mensagens de "bom dia": "Eu já sai de vários grupos assim. É o que mais me irrita. Começa aquele 'bom dia, bom dia', 'boa tarde, boa tarde', e eu já mando logo: 'tchau e tchau'."

Segundo Manzotti, que se assume fã do Instagram, ele, por ser padre, não se policia e nem precisa se policiar pelo uso das redes sociais: "Eu não penso que por ser padre preciso me envolver menos lá. Tudo me é permitido, mas nem tudo me convém. Sou padre, um líder religioso, e a minha intervenção é, de alguma forma, apontar pra Deus. Se não, não tem sentido."

Thyago Andrade/Brazil News
Imagem: Thyago Andrade/Brazil News

Mistura de ritmos no novo DVD

Reginaldo Manzotti fala também sobre a mistura de ritmos em seu novo DVD e diz que quis focar bastante no sertanejo e eletrônico por ser o ritmo não só dos jovens, mas os preferidos pelos brasileiros: " Pensei não só nos jovens para este DVD, mas também no que o brasileiro escuta hoje: música sertaneja. Foi daí que eu quis trazer um DVD sertanejo, um sertanejo moderno com arranjos bem feitos. Quis também dar uma pegada eletrônica, e aí entrou o Alok, que é uma pessoa fantástica. Ele, por si só, faz toda a diferença. E outra coisa, eu gosto muito de música eletrônica e gosto muito da música do Alok. É um gosto pessoal e um gosto para a evangelização. Acredito que é, sem dúvida, uma inovação. Por isso chamo meu DVD de Tempo de Inovar. Naiara Azevedo e Gustavo Miotto também estão nesta mesma proposta."

*A Coluna do Leo Dias viajou para Curitiba para a cobertura do DVD do Padre Reginaldo Manzotti a convite da assessoria de imprensa do artista

*Com reportagem de Lucas Pasin

Thyago Andrade/ Brazil News
Imagem: Thyago Andrade/ Brazil News

Thyago Andrade/Brazil News
Imagem: Thyago Andrade/Brazil News