Geral

Galaxy A01 Core | Novo celular 'basicaço' da Samsung chega ao Brasil por R$ 999

Galaxy A01 Core | Novo celular 'basicaço' da Samsung chega ao Brasil por R$ 999

O Galaxy A01 Core é o novo smartphone de entrada da Samsung a chegar ao Brasil, nesta segunda-feira (10). É bem basicão, mas com o preço não tão modesto. Ele já está a venda na loja online da marca por R$ 999, em até 12 vezes, ou R$ 899,10 à vista.

De acordo com a fabricante sul-coreana, o A01 Core é um "smartphone para atividades básicas do dia a dia". O hardware é simples: processador quad-core de 1,5 GHz, 2 GB de memória RAM e apenas 32 GB de armazenamento externo (expansível com microSD de até 512 GB).

A tela LCD TFT de 5,3 polegadas tem resolução HD (1480 x 720 pixels), com bordas pretas relativamente grossas. Ela vai na contramão dos celulares mais modernos, que não têm bordas e trazem apenas um entalhe para abrigar as câmeras e sensores.

As câmeras também deixam a desejar. Há apenas uma traseira, com resolução de 8 MP e com flash LED, e uma frontal, de 5 MP.

Não há nenhum botão físico ou leitor de impressão digital. O desbloqueio é apenas por senha, PIN ou padrão (desenho de linhas entre pontos). Também nada de USB-C: o carregamento e conexão são pela boa e velha porta microUSB tipo B.

O modelo anterior da linha Galaxy, o A01, tem duas câmeras traseiras (13 MP), bordas finas e desbloqueio facial e está por R$ 899 (à vista, R$ 809,10) no ecommerce da Samsung.

O A01 Core é leve, pesando apenas 150 gramas, mas tem cara de celular antigo. A tampa traseira e a bateria são removíveis ­—um sistema considerado ultrapassado em celulares e notebooks. A bateria de 3.000 mAh tem autonomia prometida para cerca de dois dias, segundo a fabricante.

Ele é Dual SIM e está disponível nas cores preto, azul e vermelho e vem de fábrica com o Android 10 "Go Edition", uma versão mais leve do sistema operacional para celulares de baixo custo.

O novo Galaxy A01 Core foi lançado no mercado internacional e homologado pela Anatel em julho. Na época, esperava-se que chegaria ao Brasil por até R$ 800. A alta do dólar durante a pandemia do coronavírus pode ter influenciado o preço final, um tanto salgado para o smartphone que oferece.

Na mesma faixa de preço do lançamento da Samsung, os concorrentes oferecem o Moto G8 Play e o LG K41S, ambos um pouco superiores —as câmeras traseiras de ambos têm mais de uma lente, e suas baterias são de 4.000 mAh, contra os 3.000 mAh do A01 Core.

Ficha técnica: Samsung Galaxy A01 Core