Geral

Fundador do Angra | Família de Andre Matos fala sobre morte do cantor pela 1ª vez

Fundador do Angra | Família de Andre Matos fala sobre morte do cantor pela 1ª vez

Os familiares de Andre Matos falaram pela primeira vez sobre a morte do cantor, com exclusividade para o UOL. O frontman que fez história no Viper, Angra e Shaman morreu no último sábado, dia 8 de junho, após um ataque cardíaco fulminante.

"A gente está aqui em respeito ao carinho dos fãs", diz Eco Moliterno, primo do vocalista. "Depois de dias de lutas, bem reclusos, a gente achou que os fãs mereciam uma explicação sobre o que aconteceu". Daniel Matos, irmão de Andre, completa. "A gente fez tudo de maneira discreta, porque o Andre era um cara reservado e ele tinha me pedido isso".

Emocionada, a dupla lembrou como foi o sábado em que o cantor morreu, desde a ligação avisando que ele estava desacordado até a confirmação da morte. Na semana anterior, André tinha feito um show com o Viper e estava ansioso para encontrar o filho, que atualmente mora na Suíça.

"A gente só queria que vocês entendessem como foram feitas as coisas para que não ouçam histórias paralelas e dúvidas, porque ele simplesmente teve um infarto em uma idade em que isso é fulminante", acrescenta Daniel.

O irmão e primo de Andre ainda falaram que ele nunca disse nada sobre uma possível reunião do Angra, que foi divulgada pelo guitarrista Kiko Loureiro e o empresário da banda, Paulo Baron. "Quando ele ia voltar com o Shaman, ele comentou com a gente, mas nunca disse nada sobre o Angra", conta Daniel.

Fãs de Andre se mobilizaram desde ontem para que a data da morte do vocalista vire o Dia Nacional do Metal no Brasil. Uma petição online no site Avaaz, maior plataforma do gênero no mundo, conseguiu 12 mil assinaturas nas primeiras horas e agora já conta com mais de 27 mil apoiadores.

Beto Barata/ UOL
Andre Matos se apresenta no Porão do Rock, em 2014 Imagem: Beto Barata/ UOL