Geral

Evo viaja a Cuba para ir a médico | Asilado no México desde o dia 12 de novembro, boliviano deixou país ontem

Evo viaja a Cuba para ir a médico | Asilado no México desde o dia 12 de novembro, boliviano deixou país ontem

O ex-presidente boliviano Evo Morales, que está asilado no México desde 12 de novembro passado, viajou na manhã desta sexta-feira (6) para Cuba, informou o diretor de comunicação da chancelaria mexicana, Roberto Velasco.

"Informamos que no dia de hoje (ontem) o Sr. Morales viajou, pela manhã, rumo à Cuba. Segundo nos revelou, trata-se de uma viagem temporária. No momento, esta é a informação disponível", escreveu Velasco no Twitter.

Fontes oficiais disseram à AFP que desconhecem a data do eventual retorno de Morales ao México, e se o ex-presidente boliviano viajou com seus colaboradores Álvaro García Linera, ex-vice-presidente, e Gabriela Montaño, ex-ministra da Saúde, ambos também asilados no México.

Segundo o jornal espanhol El País e veículos de comunicação mexicanos, a viagem de Morales a Cuba precederia uma visita à Argentina, após a posse do peronista Alberto Fernández, na terça-feira.

No final de novembro, Morales revelou o convite de Fernández para sua posse.

Morales chegou ao México após renunciar à presidência da Bolívia, em meio a uma onda de protestos por sua questionada reeleição e depois de perder o apoio das Forças Armadas.