Geral

Evento de tecnologia | Campus Party: 2º dia tem debate sobre o futuro da internet com pais da web

Evento de tecnologia | Campus Party: 2º dia tem debate sobre o futuro da internet com pais da web

A Campus Party deste ano reuniu, nesta sexta-feira (10), dois dos pais da internet e um ex-vice-presidente americano para debater o futuro da rede.

Apesar de ter sido uma palestra realizada no palco global, ou seja, para o mundo todo, o tema não poderia ser mais relevante neste momento no Brasil. Explico. O inglês Tim Berners Lee, inventor da World Wide Web e o norte-americano Vinton Cerf, que ajudou a criar o protocolo TCP/IP, e Al Gore falaram muito sobre a evolução da internet e seu bom uso em prol da democracia.

As fake news de tornaram um problema crônico e uma ferramenta na mão de alguns políticos, a ponto de termos um inquérito em curso por parte do (Supremo Tribunal Federal). Essa é uma questão global, sem dúvida. Mas, para nós brasileiros, uma das falas de Al Gore nos pode ter soado bem familiar.

"Governantes e políticos usaram a internet de forma errada, para um caminho de desinformação. Isso está derrubando algumas das normas que representam a democracia e precisa ser discutido", disse, antes de fazer um apelo para que todos se engajem na defesa e recuperação da internet."

Al Gore

Inclusão na CP

Assim como no primeiro dia de Campus Party, o segundo também teve palestras dos mais diferentes temas, assuntos e interesses. De pesquisa científica a como conseguir o emprego dos sonhos, passando por água potável, tinha pra todos os gostos.

Um detalhe interessante do "line-up" é ver a preocupação com a diversidade. Esse segundo dia de evento teve palestra sobre narrativas pretas, com a Vanessa Ferreira, ilustradora e dona do @pretailustra no Instagram. Ou sobre o impacto da inclusão digital na periferia.

Quase um Café Filosófico

A Campus Party Goiás contou com uma palestra de um desses intelectuais pop dos últimos tempos. Habitué do Café Filosófico e desses vídeos que provavelmente algum tio seu já compartilhou no Facebook, o professor Clovis Barros Filho, jornalista e livre-docente da USP, falou sobre as relações entre professor e aluno, diante do processo de digitalização do ensino. Ah, e claro, falou sobre a pandemia de covid-19.

"Estudar é prazeiroso em si porque é fascinante o que está sendo ensinado. O primeiro passo é que o próprio docente revele e demonstre a seu aluno o apreço e o encantamento que tem sobre aquilo que está sendo ensinado."

Pandemia acelerou discussões sobre tecnologia

Letícia Piccolotto, do blog GovTech do Tilt, falou no palco New Horizons, da CP Digital Brasília, sobre os impactos da pandemia para a digitalização de serviços públicos.

"O governo precisava se digitalizar, mas por causa da pandemia vimos órgãos públicos superburocráticos discutindo home-office, aulas online, telemedicina. Apesar de toda a dor, vemos a tecnologia como uma aliada.

Filhos, programação, tirinhas e quarentena

André Noel, do blog Um Sisteminha Simples do Tilt, contou de forma bem-humorada um pouco sobre a vida de programador em quarentena, no palco Work Life, na CP Digital Goiás.

"Tenho quatro filhos. Os dois mais velhos têm aula online e as menores estão destruindo a casa. Então, imagina trabalhar tendo de ajudar os filhos na aula e com gente destruindo a casa. Essa é minha rotina na quarentena."

Último dia tem Edward Snowden

No terceiro e último dia de Campus Party, no palco global, Edward Snowden, analista de sistemas que tornou públicos detalhes de vários programas de vigilância global do governo americano, vai participar, às 11h, de uma conversa que o evento chama de "como reiniciar o mundo".

Ronaldo Matos, do blog Quebrada Tech, vai falar sobre o tema "Quebrada Tech - Uma visão jornalística e periférica da tecnologia", às 14h, no palco New Horizons, na CP Digital Goiás.