Geral

Tragédias | Sobe para 18 o nº de mortos em acidente aéreo na Índia

Tragédias | Sobe para 18 o nº de mortos em acidente aéreo na Índia

As autoridades da Índia aumentaram neste sábado para 18 o número de mortos no acidente de um avião que voava de Dubai para a cidade de Calicute, que saiu da pista durante o pouso e se partiu em dois, enquanto dezenas de passageiros permanecem hospitalizados.

"Infelizmente, 18 pessoas, incluindo os dois pilotos, perderam suas vidas e 127 pessoas ainda estão nos hospitais", disse o ministro da Aviação Civil, Hardeep Singh Puri, à agência local "ANI".

O ministro da Aviação informou no Twitter, a partir do local do incidente, que a caixa preta do avião foi recuperada e que o Escritório de Investigação de Acidentes Aéreos da Índia (AAIB, na sigla em inglês) está investigando o que aconteceu.

Puri compartilhou imagens do avião dividido em dois, a cabine a vários metros do resto do avião, bem como os assentos, partes da fuselagem e roupas espalhadas na lama entre as duas partes.

Abdul Karim, superintendente da polícia da cidade de Mallapuram, perto do Aeroporto Internacional de Calicute e para onde parte dos feridos foram transferidos, disse à Agência Efe que pelo menos 18 feridos continuam em estado crítico.

O acidente aconteceu ontem à tarde, quando o Boeing 737NG da companhia de baixo custo Air India Express, subsidiária da estatal Air India, saiu da pista do aeroporto de Calicute.

No avião viajavam 190 pessoas, incluindo 174 passageiros adultos e 10 menores de idade.

O voo fazia parte do programa de repatriação de Vande Bharat, que é responsável por facilitar o regresso à Índia de seus cidadãos retidos no exterior devido à pandemia da Covid-19.