Geral

Cachorro surdo devolvido após ser adotado é acolhido por estudante também surdo

Cachorro surdo devolvido após ser adotado é acolhido por estudante também surdo

caodibea - Cachorro surdo devolvido após ser adotado é acolhido por estudante também surdo

Pirata é um cachorro surdo de 11 meses que foi adotado e, infelizmente, devolvido em menos de um ano após seus tutores descobrirem a deficiência dele. Mas a história teve um final feliz que comoveu a internet: um rapaz surdo resolveu dar um lar ao cachorro. O estudante João Gabriel Ferreira, de 30 anos, surdo desde os nove meses de idade por causa de uma meningite, é o novo tutor do animal.

João Gabriel mora com três pessoas, sendo duas surdas e, a outra, filho de pais surdos. Um dos amigos viu o cachorro na rede social da Diretoria de Bem-Estar Animal (Dibea) de Florianópolis e o avisou, já que ele já tinha demonstrado o desejo de adotar um cachorrinho surdo.

O estudante entrou em contato com a Dibea e, após ter o cadastro aprovado, adotou oficialmente Pirata. O processo de avaliação durou três dias.

Cachorro conhece novo lar

Na última quinta (9), o cão conheceu a nova casa. Agora, Pirata se chama Jögan, nome inspirado em um desenho japonês. “Estamos felizes com ele. E temos muita empatia nele, por causa da identidade surda. Ele está feliz, porque temos nossas estratégias de adaptação para casa” contou João Gabriel ao G1.

O novo tutor já tinha uma cadela e disse que os dois animais se deram bem. Inclusive, a cadela já entende alguns sinais da Língua Brasileira de Sinais (Libras) e o novo cão já aprendeu comandos como “passear” e “esperar”.