Geral

'Aquilo me consumiu' | Ex-Malhação relata drama por ter vídeo exposto em site adulto

'Aquilo me consumiu' | Ex-Malhação relata drama por ter vídeo exposto em site adulto

Atriz que participou de Malhação em 2019, Pillar Costa caiu em depressão recentemente após ter um vídeo seu publicado em um site pornográfico sem sua permissão. "Pensei em me matar de verdade", desabafou a artista, que também dá aula de teatro. Nas imagens, já retiradas do ar, a jovem teria aparecido dançando e vestida.

A ex-funcionária da Globo recebeu a notícia de que foi parar na plataforma Xvideos da pior forma: pelo próprio pai, que ligou diretamente de Ubá, Minas Gerais, lugar onde nasceu.

"Meu pai, de 71 anos, muito nervoso, me peguntando se eu tinha vindo para o Rio para virar prostituta. Foi um choque até processar tudo isso. Quando entrei no site e digitei meu nome, achei um vídeo meu dançando funk, de roupa, que tinha gravado para um canal de humor. O título era: A dançarina mais gostosa Pillar", disse ela em vídeo publicado em seu canal no YouTube.

De acordo com a mineira, ela pediu que o site retirasse o vídeo do ar e em menos de 24 horas conseguiu derrubar as imagens. Apesar disso, o estrago com a família já estava feito. "Meu pai ficou dois meses sem falar comigo. Muita gente me apontava [o dedo], me questionava. Descobri que já sabiam antes mesmo de me avisarem e aquilo me consumiu", relatou Pillar.

"Me consumiu não porque me confundiram com garota de programa. Se eu fosse, ninguém teria nada com isso, e não vejo como um problema. A questão é ser exposta sem qualquer defesa ou conhecimento", ressaltou.

Devido ao caos causado pela exposição, a atriz teve que fazer tratamento psicológico para se recuperar. "Minha irmã Anna Victória é que percebeu minhas atitudes estranhas [depressivas] e pediu ajuda", explicou a ex-Malhação.

A jovem gravou vídeos para o YouTube para falar sobre o assunto e criou um projeto de acolhimento para mulheres que tenham passado pela mesma situação constrangedora.

"O que eu posso ajudar é com o apoio para que elas mostrem a cara e denunciem o que passam. Digo que não sou psicóloga, mas encaminho para parceiras que dão orientação terapêutica e jurídica. O objetivo é unir mulheres que passam pelo mesmo para que elas não sejam vítimas para sempre. É preciso transformar o negativo em positivo", concluiu Pillar.

Confira o canal de Pillar Costa no YouTube:

© 2020 Notícias da TV | Proibida a reprodução

Tudo sobre

Malhação