Geral

Aaron Tura | Band demite jornalista que publicou fake news sobre Gugu

Aaron Tura | Band demite jornalista que publicou fake news sobre Gugu

A Band demitiu Aaron Tura, colunista do programa Melhor da Tarde, de Catia Fonseca. O jornalista é o responsável pelo TV Foco, site que tem um histórico de manipular notícias publicadas por outros veículos e mudar o teor de entrevistas ou posts de celebridades nas redes sociais. Na quinta (12), um áudio divulgado por Esther Rocha, assessora de Gugu Liberato (1959-2019), expôs uma fake news sobre a família do apresentador. A Band confirmou ao Notícias da TV a demissão de Aaron.

Um texto publicado com o título "Roberto Cabrini faz descoberta avassaladora na morte de Gugu e é ameaçado pela família: 'A verdade vai aparecer'" foi o motivo da discórdia. O conteúdo tratava da tentativa do jornalista do SBT mostrar o local do acidente fatal de Gugu, em Orlando.

Em mensagem enviada para Aaron Tura, Esther reclamou que nunca foi procurada para dar o posicionamento da família. "Esse TV Foco é uma lama. É uma vergonha para o jornalismo de celebridades. Um caça-cliques com chamadas escandalosas", reclamou a assessora.

A repercussão negativa do caso foi a gota d'água para que Rodrigo Riccó, diretor do Melhor da Tarde e marido de Catia Fonseca, comunicasse à direção da Band via e-mail que tinha decidido demitir de vez o seu colunista de celebridades. Aaron Tura sairá definitivamente do vespertino só a partir de janeiro.

As edições especiais de férias já estão todas gravadas com a presença do jornalista, e não há tempo hábil para refazê-las. Ele estava na atração desde a estreia de Catia na Band, em março de 2018. Afastado, o colunista não participa mais dos programas ao vivo desde a última quarta (11).

"O Grupo Bandeirantes de Comunicação confirma o desligamento de Aaron Tura após dois anos de trabalho no Melhor da Tarde. Os programas já gravados para janeiro por conta das férias de Catia Fonseca continuarão contando com a participação do colunista", disse a emissora em nota.

Antes do caso de Gugu, Aaron Tura e o seu site já estavam no olho de um furacão após a publicação de um texto deturpando um post de Isis Valverde nesta semana. A atriz compartilhou em seu Instagram uma imagem amamentando o seu filho Rael, com a legenda: "Hoje tem Amor de Mãe", convidando para a novela das nove.

O TV Foco transformou isso em "Isis Valverde mostra os peitos em foto íntima e faz grande anúncio: 'Hoje tem'". O print viralizou e o site virou alvo de uma campanha na web. Veja abaixo:

Aaron Tura precisou emitir uma nota de "Erramos" para se justificar. "O TV Foco reconheceu o título impróprio e por isso decidiu mudar totalmente o conteúdo postado. Entendemos a repercussão do caso e ressaltamos que o TV Foco não compactua com nenhuma forma de sexualização da maternidade", escreveu ele em seu site na quarta (11).

Mas o caso de Isis Valverde foi o estopim para outros famosos, que se sentiam vítimas do veículo, também reclamarem. Nomes como Maisa Silva, Whindersson Nunes, Marília Mendonça e Luisa Sonza publicaram prints de títulos deturpados do TV Foco. Veja os posts abaixo:

© 2019 Notícias da TV | Proibida a reprodução

Tudo sobre

Band Catia Fonseca Gugu Liberato Melhor da Tarde