Esportes

Técnico do Grêmio | Renato supera Tite em Gre-Nal e iguala Felipão

Técnico do Grêmio | Renato supera Tite em Gre-Nal e iguala Felipão

Renato Gaúcho atingiu mais um recorde à frente do Grêmio. Com a vitória diante do Internacional por 1 a 0 dentro do estádio Beira-Rio ontem (15), o treinador chegou a seis clássicos sem derrota. O dado estatístico faz o atual treinador superar histórico de Tite no Gre-Nal e igualar um feito obtido por Luiz Felipe Scolari em 1996.

A vitória com o gol de Diego Souza, nos acréscimos, garantiu o Grêmio na final do primeiro turno do Campeonato Gaúcho. O adversário sai do jogo entre Caxias e Ypiranga-RS.

"Me juntei ao Felipão, é isso? Seis jogos invicto no Gre-Nal no século, né? Vocês não perguntam sobre isso, a assessoria me disse. Anotem aí, então", brincou Renato Portaluppi. "Esse é mais um recorde que meu grupo quebrou", completou.

A conta soma os jogos do ano passado contra o Inter. Em 2019, o Grêmio venceu dois clássicos e empatou outros três. Dois dos empates ocorreram na final do Gauchão, conquistado nos pênaltis dentro da Arena do Grêmio.

Antes da atual sequência, o Grêmio ficou seis jogos sem perder para o Internacional. Foi no intervalo entre março de 2016 e março de 2018. Mas três clássicos da série foram disputados sob o comando de Roger Machado, atualmente no Bahia.

Tite deu sequência ao domínio

Tite assumiu o Grêmio em 2001 e deu continuidade à histórica sequência de clássicos sem derrota. Entre 1999 e 2003, o clube gremista acumulou 13 jogos contra o Inter sem perder.

Neste período, o atual treinador da seleção esteve à frente do Grêmio em cinco partidas sem derrota. Tite deixou o clube gaúcho em 2003, logo após eliminação na Libertadores.

Luiz Felipe Scolari, na década de 1990, colecionou bons resultados em Gre-Nal surfando em outra era de domínio total em cima do maior rival.