Esportes

"Sumido", Neymar pode reaparecer no mata-mata da Champions após 2 anos

Classificação e Jogos

Neste mês, Neymar tem aparecido muito mais na coluna social do que em campo pelo Paris Saint-Germain (FRA). O atacante soma 15 dias sem jogar por causa de uma lesão na costela, mas nesta semana deve enfrentar a dor para voltar a jogar um mata-mata de Liga dos Campeões da Europa após dois anos.

A última vez que Neymar disputou um confronto eliminatório da Champions foi em 14 de fevereiro de 2018: derrota por 3 a 1 para o Real Madrid e eliminação. Foi o único dia em que ele defendeu o PSG em um mata-mata da competição. No ano passado, o jogador perdeu os confrontos contra o Manchester United por conta da famosa fratura no quinto metatarso do pé direito — mesmo tendo pulado Carnaval no Brasil alguns dias antes.

Relacionadas

O desafio de Neymar: Jogo na terça, tchau Carnaval e 3 meses de foco. Será?

Tuchel adota cautela, e Neymar ainda é dúvida para jogo do PSG na Champions

Sem Neymar e Mbappé, PSG tem sufoco, leva 3, vira e cede empate ao Amiens

Em fevereiro, Neymar já foi manchete por uma luxuosa festa de aniversário, pelo lançamento de uma marca de roupas e pelo corte de cabelo, mas não pelo futebol. O atacante sente dores em uma das costelas, e não jogou os dois últimos jogos para chegar bem justamente ao compromisso de Liga dos Campeões, contra o Borussia Dortmund, na terça-feira (18).

O problema na costela é a terceira contusão de Neymar nesta temporada. Ele já desfalcou o PSG em 13 jogos, inclusive ontem, quando o líder do Campeonato Francês empatou por 4 a 4 com o vice-lanterna Amiens.

Perguntado sobre o assunto na semana passada, o técnico Thomas Tuchel ponderou sobre a presença de Neymar contra o Dortmund. "Seria melhor que ele não chegasse ao jogo com o Dortmund sem jogar, apesar disso estou convencido de que irá nos ajudar", opinou, sem garantir a presença do camisa 10 na partida.

O primeiro duelo entre PSG e Borussia Dortmund, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, será às 17h (de Brasília) desta terça-feira. O jogo de volta está marcado para o dia 11 de março.