Esportes

Santos e Inter têm quarta chance seguida de tirar empate rigoroso de duelo

Classificação e Jogos

O confronto entre Santos e Internacional pode ser resumido na palavra equilíbrio. Os rivais do duelo desta quinta-feira (13), às 19h30, no Beira-Rio, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, estão empatados em absolutamente todos os quesitos no histórico do confronto.

Peixe e Colorado já ficaram frente a frente 76 vezes na história: foram 27 vitórias do Santos, 27 do Inter e 22 empates. Além dos resultados finais, a artilharia do confronto também é ponto de equilíbrio, com os dois clubes marcando os mesmos 94 gols.

Se levarmos em consideração apenas os jogos pelo Brasileiro, tudo permanece rigorosamente empatado. Em 64 partidas, 23 triunfos para cada lado e 18 empates. Cada clube balançou as redes do adversário exatas 76 vezes.

E, provavelmente, não é a primeira vez que você está lendo algo sobre tamanho equilíbrio. Acontece que o confronto permanece dessa maneira, empatado em tudo, desde junho de 2018, quando o Inter bateu o Peixe por 2 a 1 na Vila Belmiro.

De lá pra cá, já com todas as estatísticas empatadas, Inter e Santos se enfrentaram três vezes e não houve vencedor que desempatasse o histórico do duelo: 2 a 2 ainda em 2018, e duplo 0 a 0 nos jogos de 2019.

Assim, amanhã (13), os rivais terão mais uma chance, a quarta consecutiva, de desempatar o confronto. Se olharmos o histórico recente, a missão mais difícil é santista, que não venceu o Inter há cinco jogos, desde 2016 pela Copa do Brasil.

Vencer o Internacional dentro do Beira-Rio é tarefa especialmente complicada para o Peixe. A última vez que o Alvinegro Praiano conseguiu o feito foi em 2008, quando o técnico era justamente Cuca. O Santos venceu por 1 a 0, gol de Maikon Leite.