Esportes

Salgueiro bate Santa Cruz nos pênaltis e é campeão pernambucano pela 1ª vez

O Salgueiro é campeão pernambucano! No Estádio Arruda, após empate em 0 a 0 no tempo normal, o Carcará foi mais eficiente nas cobranças de pênalti, venceu o Santa Cruz por 4 a 3 e conquistou o título estadual de forma inédita.

O primeiro lance mais agudo da finalíssima do Campeonato Pernambucano aconteceu aos 12 minutos e causou polêmica. O lateral Fabiano, do Santa Cruz recebeu de Pipico e cruzou para Jeremias bater de primeira e balançar as redes, mas a arbitragem marcou impedimento inexistente no lance.

O Santa Cruz continuou no ataque, com cruzamentos frequentes na aérea a partir da bola parada. Mas a defesa do Salgueiro, bem postada, foi muito eficiente e conseguiu neutralizar as tentativas do Tricolor.

O Carcará cansou de só se defender, foi ao ataque tentar a sorte e por pouco não abriu o placar quando Renato arriscou de fora da área: a bola passou lambendo a trave do goleiro Maycon. O Santa Cruz então respondeu com Jeremias, mas Tanaka estava atento e fez ótima defesa no chute de longe.

O segundo tempo começou morno, com as duas equipes mais cautelosas e sem arriscar muito. A primeira chance saiu aos 18 minutos: em cobrança de falta de muito longe do Salgueiro, Ciel mandou direto e obrigou Maycon a fazer boa defesa. Do outro lado, o Santa chegou perto do gol com Didira, mas Tanaka apareceu de novo.

Com o passar do tempo, o temor de tomar o gol foi inibindo as duas equipes, que passaram a administrar o resultado e deixaram o Estadual ser decidido nas cobranças de pênaltis. Aí o Salgueiro foi mais eficiente, venceu por 4 a 3 e conquistou o título inédito do Pernambucano.