Esportes

Richarlyson é apresentado e diz: 'Quero tirar o Campinense da Série D'

Richarlyson é apresentado e diz: 'Quero tirar o Campinense da Série D'

O momento do Campinense na tabela da Série D 2019 realmente não é dos melhores. Com apenas três pontos em três jogos, a Raposa precisa vencer as próximas três pelejas para se classificar ao mata-mata sem depender de outros resultados.

E só um “fato novo” poderia animar o torcedor rubro-negro e levá-lo para próximo do time, criando um ambiente de apoio em um momento delicado do clube na última divisão nacional.

A diretoria apostou na contratação de um “medalhão”. E parece que conseguiu.

Na tarde desta quarta-feira (22) vários torcedores compareceram ao estádio Renatão para prestigiar a apresentação do meio-campista Richarlyson, de 36 anos, tricampeão brasileiro (2006, 2007, 2008), bi da Libertadores (2005 e 2013)  e campeão do mundo (2005) por São Paulo e Atlético Mineiro (no caso da conquista continental mais recente).

– Eu sei do desafio, sei da responsabilidade e de tudo que está envolvido. Sei também que além do meu papel dentro de campo, posso emprestar minha experiência para ajudar os atletas a ficarem mais focados nesse objetivo, que é o de dar uma arrancada, conseguir vitórias seguidas e alcançar a classificação na Série D. Sabemos da dificuldade, mas vamos fazer de tudo para conseguir essa classificação e o acesso – declarou o jogador, já assumindo o papel de líder técnico de um elenco que enfrentou todo tipo de limitação ao longo da temporada.

Richarlyson avisou que não é “salvador da pátria”, mas se definiu como pronto para jogar no próximo domingo (26), contra o ASA de Arapiraca, no Amigão, caso assim queira o técnico Jaelson Marcelino.

– Eu estou apto a jogar.  Espero que a gente possa fazer uma grande partida. É um jogo decisivo para as pretensões do Campinense na Série D. E eu quero contribuir ao máximo com os companheiros – afirmou.

Antes da entrevista coletiva, vestido com o uniforme 2 da Raposa, no caso o padrão predominantemente branco com detalhes rubro-negros e o número 10 às costas, Ricky pisou no gramado do Renatão com uma bola, fez embaixadinha e acenou para os torcedores presentes.

Depois da apresentação oficial, o jogador imediatamente entrou no ônibus, novamente bastante festejado pela galera raposeiria, e embarcou com o grupo para o Marista, em Lagoa Seca, onde realizou seu primeiro treino.

Fonte: Voz da Torcida

Créditos: Voz da Torcida