Esportes

Paraibano Fábio Gouveia comemora posto de segundo melhor surfista brasileiro da história

Paraibano Fábio Gouveia comemora posto de segundo melhor surfista brasileiro da história

Sem competir desde o Circuito Mundial, em 2009, o paraibano Fábio Gouveia, ainda assim, foi eleito o segundo maior surfista brasileiro da história. A excelente colocação trouxe muita alegria ao ex-surfista, multicampeão das pranchas nos anos 80 e 90. Ele começou a sua trajetória aos 13 anos, surfando nas ondas da praia do Bessa, em João Pessoa, e serve de muita inspiração à geração “Brazilian storm”, que deu a soberania do surfe mundial ao Brasil recentemente.

A votação foi feita pelo jornal O Globo, que convidou 30 jornalistas para escolher os 10 melhores surfistas do país. À frente de Fábio Gouveia ficou o paulista Gabriel Medina, bicampeão mundial.

– Que satisfação! Fico feliz em saber que, depois desse barulho estrondoso da “Brazilian storm”, eu ainda ocupe um posto avançado. É fruto de um trabalho bem feito, de muito tempo levando a bandeira do Brasil. Ficar nesse bolo com Gabriel, Ítalo, Mineiro, Filipinho, é sinistro – comentou.

Confira a lista dos 10 melhores

Gabriel Medina Fábio Gouveia Adriano de Souza Ítalo Ferreira Carlos Burle Picuruta Salazar Flávio Padaratz Rico de Souza Filipe Toledo Pepê Lopes

Ao todo, 39 nomes foram lembrados no pleito. Contudo, o nome de Fábio Gouveia, natural de Bananeiras, na Paraíba, parecia não poder passar despercebido no alto da lista. Primeiro brasileiro a triunfar em uma etapa do Circuito Mundial, no Guarujá, em São Paulo, no ano de 1990, foi ele também o primeiro a vencer uma etapa fora do país, no ano seguinte, na França. Ainda em 1991, Fábio conseguiu também o feito de debutar no lugar mais alto do pódio no Havaí.

O ex-surfista se profissionalizou em 1989, quando já foi eleito o Novato do Ano no esporte. Um ano antes, Fábio havia dado seu cartão de visitas e surpreendido o Brasil ao se tornar o primeiro campeão mundial amador de surfe. A sua trajetória como profissional teve ponto final no ano de 2009, quando decidiu encerrar sua extensa e vitoriosa carreira.