Esportes

Paquetá marca, mas Brasil fica apenas no empate com o Panamá

Paquetá marca, mas Brasil fica apenas no empate com o Panamá

selecao brasileira lucas paqueta danca comemora gol divulgacao cbf 1280x720 - Paquetá marca, mas Brasil fica apenas no empate com o Panamá

A Seleção Brasileira ficou só no empate neste sábado. Se preparando para a Copa América, os comandados do técnico Tite enfrentam o Panamá, no estádio do Dragão, em Porto, com uma formação bastante alternativa e, embora tenham aberto o placar, acabaram saindo de campo com a amarga igualdade em 1 a 1. Lucas Paquetá fez o gol brasileiro, enquanto Machado, impedido, descontou para o time da América Central.

A partida deste sábado marcou a estreia de Lucas Paquetá como titular da Seleção Brasileira. Dividindo o meio-campo com Casemiro, Arthur e Philippe Coutinho, o jogador revelado pelo Flamengo mostrou desenvoltura e abrilhantou ainda mais sua estreia balançando as redes em Portugal.

Se recuperando de lesão no pé direito, Neymar e seus amigos fizeram questão de comparecer ao estádio e acompanhar a partida das tribunas de honra. Faltando poucos meses para a Copa América, o principal jogador da Amarelinha parece querer manter a conexão que possui com o restante do elenco.

A Seleção Brasileira volta a entrar em ação na próxima terça-feira, às 16h45 (de Brasília), quando enfrenta a República Tcheca, em Praga, provavelmente com a escalação considerada titular.

O jogo – A Seleção Brasileira dominou o primeiro tempo, porém, o Panamá não facilitou a vida do time canarinho e foi persistente. A primeira chance da partida foi dos comandados de Tite. Aos 17 minutos, Alex Telles cruzou na medida para Firmino, que cabeceou firme, tirando tinta da trave. Já aos 21 foi a vez de Arthur aproveitar o rebote na entrada da área após bola alçada na área por Fagner e assustar o goleiro Mejía.

Dois minutos depois de levantar os torcedores no estádio do Dragão, Arthur voltou a deixar o grito de gol entalado na garganta dos brasileiros. Aproveitando a sobra de novo cruzamento, desta vez de Richarlison, o camisa 8 da Seleção bateu cruzado, rasteiro, e carimbou a trave direita do goleiro panamenho.

De tanto martelar, o time verde e amarelo, enfim, foi premiado com o gol aos 32 minutos. Em boa trama pela direita, Fagner tocou para Casemiro, que chegou fazendo o cruzamento de primeira e encontrando Lucas Paquetá no segundo pau. O camisa 10 do Brasil se antecipou à marcação e completou de primeira, sem chances para Mejía, que até chegou a desviar na bola, mas não o suficiente para fazer a defesa.

Mas, quando todos achavam que a partida ficaria mais fácil para a Seleção com a vantagem adquirida, o Panamá foi eficiente e aproveitou uma das poucas oportunidades que teve no primeiro tempo para deixar tudo igual. Aos 35 minutos, Machado aproveitou o cruzamento em cobrança de falta e, impedido, completou de cabeça, encobrindo o goleiro Ederson.

Segundo tempo

Ambas as equipes voltaram mais ligadas para o segundo tempo. Logo aos três minutos, o Panamá deu sinais de que se o Brasil não tomasse cuidado, poderia sofrer a surpreendente virada. Rodríguez apareceu bem na entrada da área e decidiu soltar a bomba no cantinho, forçando o goleiro Éderson a fazer excelente defesa. Já aos cinco minutos a Seleção respondeu com Richarlison, que recebeu cruzamento à meia altura de Fagner e completou de primeira, carimbando o travessão.

A sina da trave não parou por aí. Aos 25 minutos os comandados do técnico Tite voltaram a esbarrar no poste. Desta vez, Casemiro subiu mais alto que a defesa adversária e cabeceou certeiro. A bola bateu no travessão e sobrou nos pés de Richarlison, que não conseguiu bater firme e acabou mandando por cima do gol.

Buscando a vitória a todo o momento, o Brasil se manteve presente no campo de ataque e viu até mesmo seus jogadores mais defensivos levarem perigo à meta rival. Aos 27 minutos, por exemplo, Casemiro cobrou falta de longa distância, por fora da barreira, e viu o goleiro Mejía se esticar todo para fazer grande defesa. Daí em diante o time canarinho até martelo os adversários, mas sem eficiência. Desta forma, coube à Seleção se contentar com o frustrante empate com o Panamá.

FICHA TÉCNICA BRASIL X PANAMÁ

Local: Estádio do Dragão, na Cidade do Porto (Portugal) Data: 23 de março de 2019 (Sábado) Horário: 14h00 (horário de Brasília) Árbitro: João Pinheiro (Portugal) Assistentes: Bruno Rodrigues (Portugal) e Álvaro Mesquita (Portugal)

BRASIL: Ederson, Fagner, Militão, Miranda e Alex Telles; Casemiro, Arthur, Lucas Paquetá (Everton), Philippe Coutinho (Felipe Anderson) e Richarlison; Roberto Firmino (Gabriel Jesus) Técnico: Tite

PANAMÁ: Mejía; Escobar, Cummings e Machado; Davis, Godoy, Cooper e Murillo (Blackman); Rodríguez, Torres (Fajardo) e Quintero (Browne) Técnico: Julio Dely Valdés

Fonte: FOX Sports

Créditos: FOX Sports