Esportes

Palmeiras embala no Paulista e vence Guarani em dia de homenagem a Dudu

Palmeiras embala no Paulista e vence Guarani em dia de homenagem a Dudu
Classificação e Jogos

O Palmeiras embalou de vez no Campeonato Paulista. Na noite de hoje (20), marcada pela homenagem a Dudu pelo jogo 300, o time comandado por Vanderlei Luxemburgo derrotou o Guarani por 1 a 0, no Allianz Parque, chegou ao terceiro triunfo seguido na temporada e assumiu provisoriamente a liderança do Grupo B, assim como tem a melhor campanha do Estadual. O mesmo Dudu foi o autor do único gol do confronto.

O resultado positivo deixou o Palmeiras com 16 pontos, um a mais do que o Santo André, que entra em campo pela sétima rodada somente no domingo (23), às 16h (de Brasília), contra o Red Bull Bragantino. O Guarani, por outro lado, segue com 9 e na ponta do Grupo D, mas pode ser ultrapassado pelo Corinthians.

Relacionadas

Dudu agradece carinho da torcida e se emociona: "Nem sei explicar"

Palmeiras encaminha compra de Rony após acerto de pendência com o Athletico

Goulart, Hulk e Róger Guedes: sonhos caros da China de clubes brasileiros

O terceiro triunfo consecutivo serve como combustível para o segundo clássico palmeirense da temporada, ainda que tenha mais de uma semana de folga. A equipe só volta a campo no dia 29, às 16h, quando enfrentará o Santos, fora de casa. O Guarani, em contrapartida, joga em 28 de fevereiro contra o Água Santa, em Campinas.

Quem foi bem: Willian

O atacante palmeirense novamente se destacou em uma vitória palmeirense. Talvez o principal destaque da equipe no Campeonato Paulista, Willian foi decisivo ao construir praticamente todo o gol de Dudu. Arrancada, habilidade e visão de jogo que resultaram no gol do homenageado do dia.

Quem foi mal: Luiz Adriano

Desta vez, o centroavante palmeirense viveu uma noite mais tímida e falhou no quesito para o qual é cobrado: as finalizações. Foram duas ótimas chances perdidas, uma em cada tempo. O triunfo poderia ser ainda mais tranquilo, em caso de sucesso nos arremates do camisa 10, que acabou substituído por Gabriel Verón.

Veiga ganha chance e é participativo

A grande surpresa da escalação palmeirense ocorreu no meio-campo. Para o confronto de hoje, Luxemburgo sacou Lucas Lima e deu chance a Raphael Veiga em sua posição original. Desde o princípio, o camisa 23 se apresentou para o jogo e terminou o confronto como um dos jogadores mais participativos, ajudando na organização ofensiva palmeirense. Com Dudu e Viña, trabalhou nas melhores chances do time.

Cronologia do jogo

Melhor desde o início da partida, o Palmeiras chegou ao gol naturalmente. As chances foram aparecendo, e bastou a individualidade surgir no gramado do Allianz Parque para o time da casa fazer 1 a 0. Aos 26min, Willian fez grande jogada e achou Dudu livre para balançar as redes. Foi o 70º gol do atacante, agora com 300 jogos pelo clube.

A festa do primeiro tempo acabou sendo trocada por um pingo de frustração no segundo. Depois de lançamento de Bruno Henrique, o atacante arrancou até ser derrubado dentro da área. O mesmo Dudu cobrou, mas parou na boa defesa de Jeferson Paulino.

O Guarani ameaçou crescer pós-pênalti perdido de Dudu. No entanto, aos 12min, Giovanny levou azar ao chutar rente à trave esquerda do gol de Weverton, na principal chance do time de Campinas durante a partida desta quinta-feira.

Gabriel Menino se destaca fora de posição

As lesões de Marcos Rocha e Mayke abriram espaço para Gabriel Menino. Promovido das categorias de base neste ano, o meio-campista já havia agradado Luxemburgo na posição original. Na lateral, por outro lado, o nível foi mantido. O jovem se mostrou peça importante no apoio e não sentiu a troca de função, já exercida em um passado recente na divisão de base. A versatilidade do camisa 48 pode ser fundamental para o funcionamento deste Palmeiras.

Guarani ameaça no fim do 1º tempo

Acuado durante toda a primeira etapa, a equipe de Campinas assustou mais na parte final da primeira etapa. Em chute de Lucas Crispim, próximo dos acréscimos, Weverton precisou mandar a bola para escanteio. Foram raras as chances, já que, mesmo ofensivo, o Palmeiras conteve bem os contra-ataques, com boas atuações dos quatro homens da linha de defesa (Gabriel Menino, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Matías Viña).

Homenagem ao ídolo

Principal ídolo do atual elenco palmeirense, Dudu viveu uma noite especial antes mesmo de a bola rolar no Allianz Parque. O atacante recebeu uma homenagem do clube por completar 300 jogos com a camisa alviverde, justamente no duelo desta quinta contra o Guarani.

Com uma camisa personalizada e uma placa, o atacante foi ovacionado pelos torcedores e companheiros após o aquecimento. Ainda como parte da homenagem, Dudu usou o número 300 durante a partida e saiu como grande destaque.

O atacante anotou o gol da vitória e terminou como o principal nome do ataque na terceira vitória consecutiva do Palmeiras no Paulistão. Nem o pênalti perdido manchou a noite especial de Dudu diante de quase 20 mil torcedores na arena.

Problema de última hora

O Guarani enfrentou um problema de última hora no Allianz Parque. O lateral esquerdo Bidú sentiu uma lesão no aquecimento e acabou substituído por Thallyson.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1 x 0 GUARANI

Data: 20 de fevereiro de 2020, quinta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Local: Allianz Parque, em São Paulo
Público: 19.086 presentes
Renda: R$ 1.011.248,14
Árbitro: Vinicius Furlan
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Gustavo Rodrigues de Oliveira
Cartões Amarelos: Deivid, Giovanny e Igor Henrique (Guarani)
Gols: Dudu (26'/1ºT), pelo Palmeiras

PALMEIRAS: Weverton; Gabriel Menino, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Matías Viña (Victor Luis); Bruno Henrique e Zé Rafael; Willian, Raphael Veiga (Luan) e Dudu; Luiz Adriano (Gabriel Veron).
Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

GUARANI: Jeferson Paulino; Pablo, Romércio, Bruno Silva e Thallyson; Lucas Abreu (Juninho), Deivid e Igor Henrique (Marcelo); Lucas Crispim, Alemão (Mateusinho) e Giovanny.
Técnico: Thiago Carpini.