Esportes

Menon - Opinião | Fabio confirma ação da 'panela' na queda de Ceni no Cruzeiro

Menon - Opinião | Fabio confirma ação da 'panela' na queda de Ceni no Cruzeiro

Há coisas que não podem ser ditas. E há coisas que não precisam ser ditas. É o que se vê na entrevista do goleiro Fábio à ESPN. Ele praticamente assume que a 'panela' de jogadores derrubou Rogério Ceni no Cruzeiro.

"O Rogério teve uma parcela de culpa na sua saída também, pela forma que geriu alguns momentos, principalmente quando a gente teve a oportunidade de estar frente a frente com o Rogério. E situações que saíram da própria boca dele, quando chegou na frente da imprensa, ele agiu de uma outra forma. Com certeza, vai existir um atrito muito grande do atleta com o técnico, fora as circunstâncias que vocês acompanharam", contou Fábio.

Como assim? Ele caiu porque geriu mal alguns momentos? Que absurdo é esse? Um treinador deve ser demitido porque não teve uma boa relação com alguns jogadores? Se houvesse uma boa relação, o Cruzeiro não cairia?

Fabio fala duas vezes sobre atrito. Houve o primeiro atrito no Sul, com Thiago Neves que criticou publicamente a escalação de Rogério. E depois, outro atrito quando, segundo Fábio, o treinador rompeu um pacto de silêncio e praticamente acusou o time de corpo mole.

Então, temos falta se gerenciamento de elenco. E atritos com o elenco.

Não há uma crítica ao posicionamento tático, às escolhas de Rogério. Não foi, segundo Fábio, por estar fazendo um mau trabalho. Foi por não ter uma boa relação com alguns jogadores. Com a panela toda.

E o time caindo pelas tabelas.

Uma escolha precisava ser feita.

Rogério caiu.

O Cruzeiro caiu depois.