Esportes

Menon | Marcelinho dá Corinthians a Bolsonaro

Menon | Marcelinho dá Corinthians a Bolsonaro

Marcelinho Carioca destruiu uma narrativa que alegra muito os corintianos. "Palmeiras é Bolsonaro, o Corinthians é diferente, é o time do povo, é o time da democracia"

Uma narrativa baseada nas raízes históricas do Corinthians e em fatos recentes. Bolsonaro, há pouco tempo, disse que nunca usaria a camisa do Corinthians. Muitos torcedores exultaram com a frase. Comemoraram o distanciamento.

E agora, Marcelinho é recebido por Bolsonaro e o presenteia com a camisa do Corinthians. O presidente aceita o presente e o coloca no peito.

A mando de quem Marcelinho faz algo assim? Destruir uma narrativa que orgulha a massa corintiana? Pode não ser por ideologia, mas por diferenciá-la dos palmeirenses? Com que direito?

Deve ter sido, como sempre foi, em proveito próprio. Ou por altruísmo. Não é fácil assim se desfazer da segunda pele.