Esportes

Maratona de Tóquio será restrita à elite por causa do coronavírus

Os organizadores da Maratona de Tóquio, no Japão, anunciaram hoje que apenas os atletas de elite participarão da prova, vetando assim a presença dos corredores amadores, pelo medo da propagação do coronavírus.

"Seria difícil realizar essa competição, em que participam tantas pessoas, enquanto são confirmadas as infecções de várias pessoas em Tóquio", apontou a organização, por meio de comunicado.

Relacionadas

'Unidos pela Emoção' será lema da Olimpíada Tóquio-2020

Pais querem skatista de 12 anos fora da Vila Olímpica em Tóquio

Oscar do esporte: estamos vivendo a era dos maiores atletas da história?

Assim, apenas os maratonistas profissionais, inclusive a elite entre os cadeirantes, poderão participar. A taxa de inscrição dos que ficaram vetados, no entanto, não será devolvida.

De acordo com as normas de inscrição da Maratona de Tóquio, o valor não é reembolsável se a prova for cancelada por neve, inundação, danos estruturais causados por ventos, raios, tornados ou incêndios, ou por ordem das autoridades.

A decisão acontece poucos dias depois que o governo da capital japonesa pediu que competidores chineses não participassem da prova, como medida para conter a propagação do coronavírus.

A Maratona de Tóquio é um evento classificatório para os Jogos Olímpicos, que será realizado na capital japonesa em julho deste ano. Vários atletas locais tentarão obter uma das vagas em disputa.

A cerca de cinco meses do começo do evento, a epidemia do coronavírus afetou a realização de vários eventos esportivos, mas a organização dos Jogos e o Comitê Olímpico Internacional (COI) garantiram a manutenção do calendário.

Até o momento, o Japão registrou 515 casos da chamada epidemia de Wuhan, inclusive levando em conta 454 contágios a bordo do cruzeiro Diamond Princess, que permanece em quarentena na cidade de Yokohama desde 3 de fevereiro.

Coronavírus liga alerta pelo mundo

1 / 27

16.fev.2020 - Ônibus se aproximam do navio de cruzeiro Diamond Princess, atracado na Baía de Yokohama, no Japão, para retirar os passagiros que estavam isolados devido à epidemia do coronavírus

Behrouz Mehri/AFP
2 / 27

Plateia assiste ao festival usando máscaras de proteção em prevenção contra a transmissão do coronavírus

Kim Kyung-Hoon/Reuters
3 / 27

16.fev.2020 - Médicos levam primeira parte de pacientes infectados com o novo coronavírus para uma área de isolamento no hospital Huoshenshan, em Wuhan

Xinhua/Xiao Yijiu
4 / 27

16.fev.2020 - Os membros das Forças de Autodefesa do Japão caminham em direção ao navio Diamond Princess, onde 355 pessoas testaram positivo para o novo coronavírus. Os norte-americanos começaram a deixar o cruzeiro

BEHROUZ MEHRI/AFP
5 / 27

16.fev.2020 - Funcionários são vistos antes da evacuação dos passageiros dos EUA do navio de cruzeiro Diamond Princess, onde dezenas testaram positivo para o coronavírus

ATHIT PERAWONGMETHA/REUTERS
6 / 27

17.fev.2020 - Avião com passageiros norte-americanos retirados de navio que est[a em quarentena no Japão devido à epidemia de coronavírus chega à Base da Força Aérea dos EUA, perto da cidade de São Francisco, na Califórnia

Brittany Hosea-Small/AFP
7 / 27

Clientes aguardam abertura das redes Sasa e Mannings na Queen's Road, em Hong Kong, nesta terça-feira (4), às 8h (horário local), em busca de máscaras cirúrgicas

Christianne González/UOL
8 / 27

27.jan.2020 - Equipe médica de hospital em Wuhan, na província de Hubei, na China, atende paciente

Xinhua/Chen Jing
9 / 27

31.jan.2020 - Tripulação embarca em voo com máscaras no aeroporto de Wuhan, na China

Hector Retamal/AFP
10 / 27

30.jan.2020 - Todos os 99 pacientes levados ao hospital Jinyintan com coronavírus tiveram pneumonia

Getty Images
11 / 27

22.jan.2020 - Médicos transferem paciente com suspeita de estar com o coronavírus no hospital Rainha Elizabeth, em Hong Kong

Reuters
12 / 27

22.jan.2020 - Paciente com suspeita de estar infectado com o coronavírus internado no hospital Prince of Wales, em Hong Kong

Reuters
13 / 27

22.jan.2020 - Funcionário de cassino em Macau mede temperatura de uma mulher antes de sua entrada no prédio

Anthony Wallace/AFP
14 / 27

24.jan.2020 - Desde o dia 23, passageiros que desembarcaram no aeroporto de Guarulhos (SP) vindos da China relataram ter recebido um documento em português, espanhol e chinês sobre sintomas do coronavírus e uma série de orientações

FEPESIL/THENEWS2/ESTADÃO CONTEÚDO
15 / 27

24.jan.2020 - Médica usando roupas de proteção no hospital da Cruz Vermelha em Wuhan, na China

AFP
16 / 27

25.jan.2020 - O médico chinês Zhou Qiong lidera equipe que atua na prevenção e tentativa de controle da epidemia do coronavírus na China

Xinhua/Cheng Min
17 / 27

24.jan.2020 - Médicos atendem paciente infectado pelo coronavírus no hospital Zhongnan, em Wuhan, epicentro do surto de coronavírus, na China

Xinhua/Xiong Qi
18 / 27

25.jan.2020 - Quase 3.000 casos do novo coronavírus já foram confirmados, a maioria deles na China

EPA
19 / 27

25.jan.2020 - Passageiros usam máscara em vagão do metrô em Paris

ROSIVAN MORAIS/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
20 / 27

26.jan.2020 - Usuários do metrô de Pequim, na China, usam máscaras

Carlos Garcia Rawlins/Reuters
21 / 27

28.jan.2020 - Uma equipe composta por 142 médicos de Xinjiang partiu para Wuhan para ajudar no combate ao coronavírus

Xinhua/Wang Fei
22 / 27

28.jan.2020 - Fila em Hong Kong para comprar máscaras faciais com medo do coronavírus

Tyrone Siu/Reuters
23 / 27

28.jan.2020 - Membros da segurança usam máscaras dentro da estação de trem de alta velocidade que conecta Hong Kong à China continental

Anthony Wallace/AFP
24 / 27

28.jan.2020 - A chefe do Executivo de Hong Kong Carrie Lam usa máscara diante de surto de coronavírus em coletiva de imprensa

Tyrone Siu/Reuters
25 / 27

28.jan.2020 - Pedestres usam máscaras numa região de compras em Tóquio, no Japão

Kim Kyung-Hoon/Reuters
26 / 27

28.jan.2020 - Trabalhador desinfecta instalações públicas em uma comunidade no distrito de Nanchang, província de Jiangxi, China

Xinhua/Peng Zhaozhi
27 / 27

28.jan.2020 - Equipe médica embarca rumo a Wuhan, para auxiliar no atendimento dos pacientes infectados com o coronavírus

Xinhua/Chen Bin