Esportes

Lutas | 'Durinho' lamenta teste positivo para covid-19

Lutas | 'Durinho' lamenta teste positivo para covid-19

Sempre ativo nas redes sociais, Gilbert 'Durinho' utilizou sua conta oficial no 'Twitter' para comentar sobre o teste positivo para covid-19 e, consequentemente, sua saída do card do UFC 251, onde disputaria o cinturão dos meio-médios (77 kg) contra Kamaru Usman, no próximo dia 11 de julho, na 'Ilha da Luta', em Abu Dhabi (EAU). Nas mensagens compartilhadas com seus seguidores, o brasileiro lamentou o ocorrido e revelou que não está se sentindo bem, mas aproveitou para brincar com a situação também.

Adepto do 'meme do caixão', o faixa-preta, em tom de brincadeira, atribuiu o teste positivo para coronavírus ao karma e prometeu não fazer essa piada novamente. Após ser detectada a presença do COVID-19 em seu organismo, 'Durinho' foi imediatamente retirado do card do UFC 251 e não embarcou no avião que o levaria para Abu Dhabi, assim como Kamaru Usman. Ainda não se sabe ao certo qual caminho a organização vai optar por seguir, mas é possível que o combate seja remarcado para uma data posterior.

"Notícia devastadora! Não estou me sentindo bem, mas eu vou ganhar essa batalha! Fiquem seguros aí fora! Muito amor", lamentou 'Durinho'.


"Isso foi karma. Não vou brincar com esses memes novamente", prometeu o meio-médio.


Após uma ascensão meteórica desde que subiu para os meio-médios, onde conquistou quatro expressivas vitórias seguidas, Gilbert 'Durinho' foi escalado para encarar Kamaru Usman, pelo cinturão da categoria, na luta principal do UFC 251, marcado para o dia 11 de julho, na Ilha da Luta, em Abu Dhabi. Com a disputa entre o brasileiro e o nigeriano fora do card, a revanche entre Alexander Volkanovski e Max Holloway, válida pelo título dos penas (66 kg), deve ser alçada ao main event do show.