Esportes

Jogador corintiano | Acidente de Ralf: B.O. fala que segurança estava bêbado

Jogador corintiano | Acidente de Ralf: B.O. fala que segurança estava bêbado

O volante Ralf, do Corinthians, deve ser ouvido em breve sobre o acidente ocorrido ontem (11), na Zona Leste de São Paulo. Segundo o Boletim de Ocorrência registrado sobre o caso e enviado ao UOL Esporte pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), um segurança presente no carro do jogador constatou positivo para o consumo de álcool, após passar pelo bafômetro.

Não há, porém, a confirmação de quem estava dirigindo o carro que invadiu a garagem de uma casa no local, após choque com um ponto de ônibus. O registro ainda fala em uma "segunda pessoa" retirada do local antes da chegada da polícia militar.

"No banco do passageiro, um segurança, de 44 anos, estava visivelmente embriagado. Ele fez o teste do bafômetro que constatou positivo para o consumo de álcool", diz o documento. "Não foi possível verificar quem estava dirigindo", complementa o B.O.

Segundo pessoas próximas do jogador, Ralf e os outros presentes no veículo fugiam de um possível assalto quando o carro bateu no ponto de ônibus, arremessou um idoso de 68 anos e acabou do outro lado da rua, invadindo a garagem de uma residência após colisão com o muro.

Nas redes sociais, uma série de imagens e vídeos rapidamente viralizou, inclusive o de um homem que cobrava Ralf após o acidente. O jogador aparenta transtorno nas imagens que circularam. Há possibilidade de ele não participar do jogo de domingo, contra o São Paulo, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Ainda de acordo com o Boletim de Ocorrência, o ajudante de serralheiro atropelado antes do choque do carro com o portão se encontra em "observação" na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. A reportagem entrou em contato com o hospital e ainda aguarda novas atualizações sobre o estado de saúde da vítima.

Confira o Boletim de Ocorrência do caso:

Um ajudante de serralheiro, de 68 anos, foi atropelado, às 22h45 de sexta-feira (11), na Rua Marechal Barbacena, Água Rasa, zona leste de São Paulo.

Policiais militares foram acionados para atender uma ocorrência de acidente de trânsito e ao chegarem no local foram informados que um Hyundai/Santa Fé havia atropelado a vítima que estava em um ponto de ônibus e invadido a garagem de uma residência.

O dono da casa, de 50 anos, informou que estava na sala quando ouviu um forte estrondo. Ao olhar pela janela para verificar o ocorrido notou que o veículo havia invadido sua garagem, danificando os dois portões. Não foi possível verificar quem estava dirigindo.

Ao sair encontrou os ocupantes já fora do carro. No banco do passageiro, um segurança, de 44 anos, estava visivelmente embriagado. Ele fez o teste do bafômetro que constatou positivo para o consumo de álcool.

Uma segunda pessoa foi retirada do local antes da chegada da polícia. A ocorrência foi apresentada no 31º DP que solicitou perícia ao local e ao veículo. Diligências serão realizadas a fim de localizar e ouvir os demais presentes no veículo. A vítima atropelada foi socorrida à Santa Casa de Misericórdia, onde permanece internada em observação.

B.O: 4114/2019
Natureza: atropelamento, lesão corporal culposa na direção de veículo automotor, embriaguez ao volante e fuga do local do acidente
Delegada: Adriana V. M Parente Silvestre.