Esportes

Hora de Guardiola x Zidane: como sucesso de um influenciou trilha do outro

Hora de Guardiola x Zidane: como sucesso de um influenciou trilha do outro
Classificação e Jogos

O Real Madrid x Manchester City das 17 horas (de Brasília) de hoje, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, é o primeiro confronto oficial entre os técnicos Zinedine Zidane e Pep Guardiola. A dupla se desencontra desde os tempos de jogador, mas suas histórias estão entrelaçadas: o francês foi uma "resposta" do Real ao catalão, já tomou aulas com este e o trata como melhor do mundo.

Zidane e Guardiola já se encontraram em um amistoso de pré-temporada, é verdade, mas nada no nível ou importância do encontro de hoje. Somados, os técnicos têm cinco títulos da Champions League, mas só um deles vai seguir na competição na próxima fase.

Relacionadas

Com Messi apagado, Griezmann salva Barça em empate diante do Napoli

Pipoqueiro? Lewandowski supera fantasma do mata-mata da Champions

Juca: Barça não convence como candidato ao título; já o Bayern...

Guardiola é mais velho por um ano e meio, mas começou a carreira como treinador bem mais cedo. Ele foi promovido a técnico do Barcelona em 2008, após comandar o time B, e de cara foi tricampeão da Liga. Seu sucesso foi tamanho que já somava 19 títulos no currículo de treinador quando Zidane assumiu o Real Madrid Castilla, no meio de 2015.

O sucesso do Barça naquela época influenciou diretamente a carreira de Zidane, pois forçou o Real Madrid a encontrar uma resposta à relação vitoriosa que o rival construiu com um treinador que já havia sido ídolo em campo. A formação dos dois foi bem semelhante, cada um dentro de seu clube, mas quando o francês estudava para assumir o time principal, foi até Munique aprender com os treinos de Guardiola —que já tinha assumido o Bayern.

Não por acaso, ontem os dois craques, como técnicos e jogadores, trocaram elogios. Zizou afirmou que Pep "é o melhor técnico do mundo". O espanhol agradeceu, mas rejeitou a alcunha. Depois, retribuiu a gentileza: "Quero agradecer por suas palavras e não quero contradizê-lo, mas não sou. Nunca pretendi ser o melhor da minha profissão, nunca entendi quem é o melhor quando os artistas são os jogadores de futebol. Nem quando comecei, pensei em tentar ser", afirmou. "O que Zidane fez na Europa não será repetido, ou será muito difícil. Ganhar três Champions consecutivas neste futebol demonstra a grandeza deste time, deste clube."

Assim como Guardiola, Zidane também teve início de carreira avassalador: conquistou três Ligas dos Campeões em sequência antes de pedir para se afastar do futebol. Neste período, foi a vez do sucesso do francês influenciar diretamente o futuro do técnico catalão.

O Manchester City fez sua melhor campanha de Champions League na edição 2015-06 e chegou à semifinal, mas foi eliminado justamente pelo Real de Zidane — que venceria o primeiro título de seu tricampeonato. Pouco depois o trabalho de Manuel Pellegrini foi considerado insuficiente, ele acabou demitido, e Guardiola chegou a Manchester.

França de Zidane eliminou a Espanha de Guardiola nas quartas de final da Eurocopa 2000 - Henri Szwarc/Bongarts/Getty Images
França de Zidane eliminou a Espanha de Guardiola nas quartas de final da Eurocopa 2000
Imagem: Henri Szwarc/Bongarts/Getty Images

Desencontros no campo e na área técnica

Apesar de terem construído história nos maiores clubes espanhóis, Guardiola e Zidane não tiveram tempo de esquentar uma rivalidade entre si. Eles se enfrentaram algumas vezes, inclusive em jogos de seleções (foto ao lado), mas bem menos do que poderiam. O ex-volante viveu 11 anos de Barça antes de ir ao futebol italiano em 2001, enquanto Zidane fez o caminho contrário exatamente na mesma janela de transferências: trocou a Juventus (ITA) pelo Real Madrid.

"Zidane é um dos melhores. Como jogador eu sonhava em poder jogar com ele, mas nunca aconteceu", comentou Guardiola há algumas semanas. "Eu o admiro, é realmente bom ter este tipo de pessoa por aí. Será um prazer vê-lo", falou o catalão. Zidane devolveu o elogio. "Penso que Guardiola é o melhor técnico do mundo e já mostrou isso. Será um jogo bem especial porque joguei contra ele algumas vezes", disse o ex-camisa 10 da França.

Quando treinadores, Guardiola comandou o Barcelona até 2012 e viu Zidane estrear como técnico apenas em 2016, quando já estava no Bayern de Munique. O time alemão enfrentou o Real Madrid na temporada seguinte, mas a esta altura Guardiola já estava no Manchester City.

Em amistoso, deu Guardiola por goleada

Os técnicos se encontraram pela primeira vez em julho de 2017, durante a pré-temporada europeia, em Los Angeles (EUA). O Manchester City de Guardiola venceu por 4 a 1, mas com todos os gols marcados no segundo tempo, quando ambos os times já estavam bastante descaracterizados. Jogo valendo, mesmo, este de hoje é o primeiro.