Esportes

Galvão e Casagrande chamam Furacão de Atlético-MG e web não perdoa

Classificação e Jogos

A transmissão da Supercopa do Brasil na Rede Globo começou com gafes de Galvão Bueno e Walter Casagrande. Antes de a bola rolar, o narrador e o comentarista acabaram trocando o nome do Athletico-PR por Atlético-MG na hora de se referir ao Furacão, adversário do Flamengo na partida que vale o título do torneio.

Primeiro, Casagrande abriu a transmissão dizendo: "Flamengo é o melhor time da América do Sul. E o Atlético-MG, o Atlético-PR está crescendo nesta linha aí", disse o comentarista, tentando consertar o ato falho rapidamente.

Relacionadas

Palmeiras, Corinthians, Cruzeiro: os times ativos no mercado e quem desejam

Fla foi vice em 1991 e viu Corinthians vencer Supercopa com 2.706 pagantes

Onde morava Vinícius Júnior? Quantos gols já fez no Real? Veja respostas

Já Galvão, na hora de anunciar as escalações, acabou soltando: "E agora vamos para o Atlético-MG", disse, antes de tentar consertar e dizer "para o Furacão".

Mais tarde, na jogada que originou o terceiro gol rubro-negro, marcado por Arrascaeta, Galvão cometeu outra gafe ao chamar o atacante Bruno Henrique de Fernando Henrique.

"Veja que não fez nenhuma alteração o Flamengo. Já fez três, o Athletico. Partiu Fernando Henrique, 35km/h, botou na frente...Olha o gol! Olha o gol!", falou o narrador.

Os deslizes foram logo percebidos pelos internautas, que não perderam a chance de alfinetar Galvão e Casagrande, que transmitiram a vitória do Flamengo sobre o Athletico-PR, por 3 a 0, ao lado de Júnior.

Confira a repercussão: