Esportes

Futebol na televisão | Globo corre para fazer transmissão de Flu x Bota após liminar inesperada

Futebol na televisão | Globo corre para fazer transmissão de Flu x Bota após liminar inesperada

A liminar obtida pela FERJ (Federação Estadual de Futebol do Rio de Janeiro) que obrigou a Globo a exibir o jogo entre Botafogo e Fluminense, pela semifinal da Taça Rio, fez a emissora correr contra o tempo para se movimentar, escalar equipe de transmissão e montar toda a estrutura no estádio Nilton Santos. Tudo já havia sido desmobilizado após a rescisão do contrato, anunciada na última quinta (2).

Segundo apurou a reportagem do UOL Esporte, o sábado foi de muito trabalho da equipe de infraestrutura, que mobilizou o máximo de profissionais possíveis nesse período de pandemia do novo coronavírus para montar o aparato no Nilton Santos. Os retoques finais serão feitos horas antes do jogo, marcado para as 16 horas.

A Globo teve de levar de volta ao estádio, inclusive, a unidade móvel de transmissão de sua posse, que normalmente já deixa dentro do Nilton Santos e do Maracanã, quando partidas são mostradas de lá. Como ficaria sem previsão de exibir jogos, a emissora havia desmobilizado até o equipamento vital para a partida.

O jurídico da Globo já entrou com um recurso na 24ª Vara Cível do Rio de Janeiro, e o processo ainda não tem previsão de ser julgado em segunda instância. Provavelmente, será apreciado durante a semana, já que no fim de semana é bastante difícil que uma decisão dessa natureza, ou seja algo bastante complexo, tenha definição por parte do judiciário.

O processo foi para a Justiça porque a Globo decidiu durante a semana rescindir o contrato do Campeonato Carioca, que era válido até 2024. O motivo da rescisão foi a transmissão de Flamengo x Boavista, pela última rodada da fase de grupos da Taça Rio, realizada pelo Rubro-Negro no YouTube e nas redes sociais, na última quarta-feira.

O Flamengo se baseou na Medida Provisória 984, recentemente colocada em prática pelo governo federal, que dá ao mandante os direitos de transmissão de uma partida de futebol no país. A Globo alega que os contratos do Carioca foram feitos antes da MP e que a mudança da legislação não altera o que já foi acordado.

Transmissão na Globo terá dez câmeras e vai para 14 estados além do DF

Fluminense x Botafogo terá um contingente de pouco mais de dez câmeras na Globo e terá duas gerações - uma para a TV Globo em si, e a outra para o Sportv/Premiere, que farão a transmissão conjuntamente a partir das 16h. Luiz Carlos Jr narra o jogo nos canais pagos, enquanto Luís Roberto faz a partida para a TV aberta.

Além do Rio de Janeiro, os estados do Espírito Santo, Minas Gerais (região de Juiz de Fora), Acre, Amazonas, Rondônia, Roraima, Pará, Amapá, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Paraíba, Alagoas e Sergipe exibirão o jogo. O Distrito Federal também terá a partida exibida.

Em outros estados, como São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul, a Globo vai exibir o filme "King Kong", produzido em 2005. O longa ganhou três estatuetas do Oscar, de melhor mixagem de som, efeitos visuais e edição de som. Com direção de Peter Jackson, o filme traz no elenco nomes como Jack Black, Adrien Brody, Andy Serkis e Naomi Watts.

A Globo não trabalha com a possibilidade de ter de exibir a final da Taça Rio, que deve acontecer no meio da semana que vem, já que só uma 'zebra' tira da final o Flamengo, o melhor time do Carioca - a equipe encara o azarão Volta Redonda neste domingo. A depender do sorteio feito pelo mando de campo para a final, o jogo que poderá decidir o Estadual do Rio não terá transmissão na TV.