Esportes

Jogo da Champions fica em risco após casos de covid-19 no Atlético de Madri

Classificação e Jogos

A delegação do Atlético de Madri que viajaria para Portugal, onde serão disputadas as partidas das quartas de final da Liga dos Campeões, tem duas pessoas diagnosticadas com coronavírus. Novos testes serão feitos amanhã e podem causar a suspensão do jogo contra o RB Leipzig, risco já publicado pelos principais jornais da Espanha.

Os dois nomes não foram revelados pelo clube espanhol, que também não informou se são atletas ou membros da comissão técnica. Porém, ambos já estão em isolamento domiciliar, e o restante da delegação passará por testes amanhã para apurar uma possível contaminação.

Se for comprovado que jogadores foram infectados, a partida contra o RB Leipzig corre risco; o jogo está previsto para ocorrer nesta quinta-feira, a partir das 16 horas (de Brasília), e será um confronto único entre as duas equipes.

"Há dois positivos até o momento, e as pessoas se encontram isoladas em seus respectivos domicílios. Os casos já foram comunicados de imediato às autoridades sanitárias da Espanha e de Portugal, a Uefa, a Federação Espanhola e a Federação Portuguesa", disse o clube.

"Já foi ativado o correspondente protocolo de atuação previsto para estes casos, que exige a realização de novos testes RT-PCR no time profissional, membros da comissão técnica e outras pessoas que tiveram contato próximo com os casos positivos. Isso tudo exige mudanças nos horários de treinamento, estrutura da viagem e do alojamento em Lisboa", afirmou.

"O clube coordenará os novos horários com a Uefa, e assim que houver um novo plano, este será divulgado. O clube também roga o máximo respeito pela identidade dos dois casos positivos", completou o Atlético de Madri.