Esportes

Fifa e OMS definem protocolos médicos para a volta do futebol

A FIFA divulgou hoje um documento de recomendações médicas para facilitar o planejamento da retomada de jogos de futebol, assim que autoridades e governos de saúde de cada país considerarem seguro, no atual cenário da pandemia do novo coronavírus.

Os protocolos de avaliação de riscos foram compartilhados com as 211 associações membros e as seis confederações continentais.

O material apresentado foi desenvolvido em conjunto com a Organização Mundial de Saúde (OMS), UEFA, Associação Europeia de Clubes (ECA), FIFPRO, Fórum Mundial de Ligas e Ligas Europeias.

A lista traz uma série de medidas que visam reduzir o risco de disseminação da covid-19, como orientações sobre higiene e distanciamento no ambiente competitivo e de treinamento, assim como instruções de realização de testes e acompanhamento médico.

No comunicado, a organização também ressaltou que "os órgãos dirigentes do futebol são incentivados a estabelecer uma ligação com as autoridades de saúde pública relevantes e a realizar uma avaliação abrangente dos riscos para determinar se é seguro prosseguir".