Esportes

FESTA NA TV, MAS SEM PRÊMIO: FPF não paga Auto Esporte pelo título do Campeonato Paraibano – ENTENDA

FESTA NA TV, MAS SEM PRÊMIO: FPF não paga Auto Esporte pelo título do Campeonato Paraibano – ENTENDA

O Campeonato Paraibano de Futebol Feminino terminou nesse sábado (07) e o Auto Esporte levou a taça para o Mangabeirão.  A edição 2019 começou mais cedo, com sete equipes lutando pela conquista do estadual da categoria.

O Macaco Altino, ao longo de 12 jogos, venceu 8 e empatou 4. Além do título, inédito, também emplacou a artilheira da competição. Letícia marcou 29 gols. O Auto Esporte quebrou a hegemonia do Botafogo-PB, vencedor das últimas quatro competições. A final contou com a presença de Rosana, lenda do futebol feminino, tendo defendido a Seleção Brasileira e jogado fora do país. A final também contou com a arbitragem da FIFA e foi transmitida pela TV aberta. Com a torcida conhecida por “cantar o jogo todo”, o Auto Esporte tinha tudo para ter 2019 como um grande ano para o futebol feminino.

As 26 atletas, sendo 11 fora do estado, fizeram uma excelente campanha. Mas fora a festa e o troféu, as meninas do Auto não receberam mais nada. Helamã Nascimento revela que fez um acordo com as jogadoras: “Garanti que ia repassar a premiação às meninas, fui à Federação Paraibana de Futebol e falei pessoalmente com Michele Ramalho e Otamar. E eles disseram: ‘como paga a premiação sem dinheiro'”.  Helamã ainda diz que todos os anos teve premiação para o feminino: “No ano em que o Auto Esporte Clube foi campeão, não tem dinheiro. Ano passado a premiação foi de R$8 mil”.

A redação do Polêmica Paraíba tentou entrar em contato com a presidente da FPF, Michelle Ramalho, mas não fomos atendidos até o fechamento dessa matéria.