Esportes

Esporte na TV | Fórmula 1 retorna à Globo sem elevar média de audiência

Esporte na TV | Fórmula 1 retorna à Globo sem elevar média de audiência

O primeiro Grande Prêmio da temporada 2020 da Fórmula 1, vencido por Valtteri Bottas da Mercedes na Áustria, não ofereceu grandes acréscimos de audiência para a Globo em seu horário de exibição. O retorno da principal categoria do automobilismo não subiu, mas também não derrubou os números que o horário de domingo de manhã em relação às últimas semanas.

Segundo dados prévios de audiência na Grande São Paulo, obtidos pelo UOL Esporte, o GP da Áustria marcou 8 pontos de média, com picos de 9. No mesmo horário, com a exibição de "Chaves" e de parte do "Domingo Legal" o SBT marcou 5 pontos de Ibope.

Já a Record, com o seriado "Todo Mundo Odeia o Chris", fechou com 4 pontos de audiência. O número alcançado pela Fórmula 1 é o mesmo obtido pelo Esporte Espetacular na semana passada, onde também fechou com 8 pontos de Ibope na principal capital paulista entre 10h e 12h.

O retorno da Fórmula 1 foi narrado por Cléber Machado, com comentários de Luciano Burti e Felipe Giaffone. Por causa da pandemia do novo coronavírus, Galvão Bueno acabou ficando de fora da transmissão porque faz parte do grupo de risco de contágio.

A narração de Cléber Machado foi marcada por algumas gafes que fizeram o público rir. Já no final da corrida, na transmissão do pódio, o narrador disse que foi tocado o "Hino Nacional da Mercedes" em vez de afirmar que era o hino da Alemanha, de onde é a equipe. O comentário acabou viralizando nas redes sociais bem rapidamente.