Esportes

Copa Sul-Americana | Atlético-MG vence Unión por 2 a 0, mas é eliminado

Copa Sul-Americana | Atlético-MG vence Unión por 2 a 0, mas é eliminado

O Atlético-MG até venceu o Unión, da Argentina, por 2 a 0, mas está eliminado da Copa Sul-Americana 2020. Mesmo com a vitória no Independência, a equipe de Rafael Dudamel ficou atrás no placar agregado (3-2) depois de um revés por 3 a 0 no jogo de ida. Rómulo Otero e Hyoran marcaram para o mandante pela partida de volta da primeira fase do torneio continental.

Os argentinos ainda não sabem o adversário da próxima fase. Haverá um novo sorteio na Conmebol para definir o oponente seguinte da equipe.

Eliminado, o Galo volta a jogar na próxima quarta-feira (26), diante do Afogados, pela segunda fase da Copa do Brasil. O duelo será no Estádio Valdemar Viana de Araújo, em Pernambuco.

O melhor: Rafael Dudamel

A mudança tática feita pelo venezuelano deu outra cara ao Atlético-MG. Com três zagueiros, a equipe conseguiu liberar os homens de frente para chegar ao ataque com mais facilidade. Os alas —Guilherme Arana e Guga— tiveram liberdade e criaram boas chances para levar perigo ao gol do time rival. Jair soube segurar a defesa ao lado do trio de zagueiros, formado por Réver, Igor Rabello e Gabriel. É impossível não elogiar a estratégia adotada pelo técnico Rafael Dudamel na noite de hoje.

O pior: Franco Calderón

O zagueiro deu muitas brechas para o ataque do Atlético-MG jogar. Ele não conseguiu parar Franco Di Santo nos lances ofensivos do Galo e ainda cometeu pênalti em Réver em um lance de escanteio do time mandante. A atuação do zagueiro foi, sem dúvida, uma das piores em campo.

Otero volta a marcar de falta após retorno ao Atlético-MG

Rómulo Otero chegou ao 29º jogo pelo Atlético-MG desde que retornou do empréstimo ao Al Wehda, da Arábia Saudita. O venezuelano marcou o primeiro gol em bela cobrança de falta, chutand de muito longe. Ele havia anotado pelo Galo em outras três oportunidades, mas nenhuma delas por meio de bola parada. O meio-campista cobrou uma falta do meio da rua para enganar o goleiro adversário e estufar a rede.

Gol de Hyoran muda panorama no Independência

Precisando de uma vitória por 3 a 0 para levar o jogo para os pênaltis, o Atlético-MG conseguiu marcar o segundo gol aos 28 minutos. Réver sofreu pênalti após empurrão de Franco Calderón. Hyoran cobrou a penalidade e ampliou, gerando grande empolgação no Independência.

Unión fica acuado, tenta jogar em contra-ataques, mas falha

O Unión tentou jogar por meio de contrata-ataques na noite de hoje. A equipe argentina, porém, não conseguiu sair em velocidade. O time buscou os lados, mas parou na excelente marcação adotada pelo mandante. A equipe conseguiu criar algumas chances, mas não estava com a pontaria afiada o suficiente para balançar a rede.

Ficha técnica
Atlético-MG 2 x 0 Unión (ARG)

Motivo: jogo de volta da 1ª fase da Copa Sul-Americana 2020
Local: Independência, em Belo Horizonte
Data: 20 de fevereiro de 2020 (quinta-feira)
Horário: às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Jesús Valenzuela (VEN)

Cartão amarelo: Nathan, Iago Maidana (Atlético-MG); Franco Calderón, Elías, Federico Milo, Franco Troyansky (Unión)

Gols: Rómulo Otero - 15'/1ºT (1-0); Hyoran - 28'/1ºT (2-0)

Atlético-MG
Michael; Igor Rabello, Réver (Iago Maidana) e Gabriel; Guga (Ricardo Oliveira), Jair, Nathan e Guilherme Arana; Hyoran, Otero (Marquinhos) e Di Santo.
Técnico: Rafael Dudamel.

Unión
Moyano; Milo (Ezequiel Bonifacio), Calderón, Bottinelli e Corvalán; Elías, Méndez, Cabrera e Blasi; Carabajal (Franco Troyansky) e Walter Bou (Nicolás Mazzola).
Técnico: Leonardo Madelón.