Esportes

Campeonato Gaúcho | Na estreia de Coudet, Inter faz 1 a 0 de pênalti contra o Juventude

Campeonato Gaúcho | Na estreia de Coudet, Inter faz 1 a 0 de pênalti contra o Juventude

O Internacional venceu o Juventude por 1 a 0 hoje (23), em Caxias do Sul, na primeira rodada do Campeonato Gaúcho. A vitória foi garantida em pênalti convertido por Thiago Galhardo, ainda no primeiro tempo, mas não foi acompanhada de atuação dominante. Com reservas, o time do estreante Eduardo Coudet foi burocrático ofensivamente, mas seguro na defesa.

Além da estreia do treinador, três reforços debutaram em campo. Galhardo, autor do gol, e também Damián Musto e Marcos Guilherme.

Em campo, as caras novas foram bem. Mas o rendimento geral não se aproveitou nem mesmo da expulsão de Genilson, antes da metade do primeiro tempo. A superioridade numérica não tornou o Inter mais ofensivo e nem criativo. No final do confronto, aliás, o Juventude pressionou mesmo com 10 jogadores.

No domingo, o Inter recebe o Pelotas e o Juventude visita o São Luiz-RS. As duas partidas, válidas pela segunda rodada no grupo A, serão no domingo (26).

Quem decidiu: Thiago Galhardo

Meia converteu pênalti, o ápice do jogo, mas no resto fez uma boa jornada. Atento, disposto. Com bom apoio ao ataque, mesmo atuando mais atrás.

Quem foi bem: Sarrafiore

Xodó dos colorados, camisa 29 iniciou o jogo como atacante e participou da jogada que rendeu pênalti (e depois gol). Distribuiu bons passes, tentou dribles curtos e fez o possível para compensar a ausência de um centroavante.

Zagueiro do Juventude repete sina

Março de 2019, Caxias do Sul. Genilson é expulso aos 19 minutos do primeiro tempo em jogo Juventude e Grêmio. Corta para 2020. No mesmo estádio, o zagueiro levou cartão vermelho de novo contra outro time de Porto Alegre. O camisa 4 saiu mais cedo da partida por desviar a com o braço e cometer pênalti.

Juventude responde na mesma moeda

O Juventude respondeu intensidade com intensidade. A pressão do time da casa fez o jogo ficar equilibrado, mas o Inter encontrou brechas em uma defesa mais recuada. O pênalti mudou o cenário, mas a equipe alviverde seguiu competindo. Tanto que a melhor chance do primeiro tempo foi dos mandantes. Bruno Alves saiu cara a cara com Marcelo Lomba e errou.

Inter tenta ser diferente

O Inter tentou ser diferente e, talvez, esse seja o primeiro passo para ser realmente distinto. A formação reserva e sem um atacante de área não ajudaram, contudo o time mostrou princípios como saída de três, laterais mais ofensivos e meias livres. A intensidade foi sendo dosada nos dois tempos. Mas depois do intervalo a dinâmica caiu de ritmo.

Anderson Daronco vira personagem

O árbitro do jogo foi contestado pelo Juventude três vezes. No pênalti marcado em favor do Inter e depois em dois lances na área do colorado, onde Bruno Alves foi derrubado. No segundo tempo, Daronco também foi criticado por lance entre Eltinho e Sarrafiore dentro da área do Juventude.

FICHA TÉCNICA
JUVENTUDE X INTERNACIONAL

Data e hora: 23/01/2020 (quinta-feira), às 21h30 (de Brasília)
Local: estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)
Público: 6.136 pessoas
Renda: R$ 133.788,00
Árbitro: Anderson Daronco
Auxiliares: Rafael da Silva Alves e Gustavo Schier
Cartões amarelos: John Lennon, Samuel Santos (JUV); Roberto, Cuesta, Musto, Sarrafiore (INT)
Cartão vermelho: Genilson (JUV)
Gols: Thiago Galhardo, aos 19 minutos do primeiro tempo (INT)

JUVENTUDE: Marcelo Carné; Samuel Santos, Genílson, Reynaldo e Eltinho; (Felippe) João Paulo; John Lennon, Marciel, Pedro Ken (Clayton) e Bruno Alves; Wallace (Odivan)
Técnico: Marquinhos Santos

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Heitor, Roberto (Cuesta), Pedro Henrique e Uendel; Damián Musto (Rodrigo Lindoso), Nonato (Edenilson), Thiago Galhardo e Marcos Guilherme; Sarrafiore e Wellington Silva
Técnico: Eduardo Coudet